CORONAVÍRUS
Tudo o que você precisa saberÚltimas notícias e tudo que você precisa saber

Parque Municipal de BH: um verdadeiro refúgio no meio da cidade!

Seja de pedalinho ou à pé, os visitantes podem curtir a natureza local, com direito a lagoas repletas de peixes, aves, borboletas e rica vegetação

Por: Publi

Inaugurado em setembro de 1897, o Parque Municipal de BH é o patrimônio ambiental mais antigo da cidade. Mais antigo, inclusive, que a própria Belo Horizonte, que só foi se tornar município em dezembro daquele ano.

parque municipal de bh

Projetado pelo arquiteto paisagista Paul Villon, o Parque Municipal Américo Renné Giannetti é reconhecido por suas riquezas biológica, arquitetônica, cultural, social e, principalmente, histórica.

O parque abriga o Teatro Francisco Nunes, um orquidário, um pequeno parque de diversões e a parte dos fundos do Palácio das Artes, que integra o Circuito Liberdade. Falamos dele nesse vídeo aqui:

O estilo das construções são romântico inglês. Villon, responsável pelo projeto, queria que o Parque Municipal de BH fosse o maior e mais bonito parque urbano da América Latina. Há quem concorde que ele conseguiu!

Contar com uma lagoa natural no meio de um centro urbano é um privilégio para os mineiros, por isso, não deixe de dar um rolê pelas águas da Lagoa dos Barcos que, aos finais de semana, atrai cerca de 800 pessoas interessadas em navegar por suas águas.

Seja no barco a remo ou nos pedalinhos, os visitantes podem curtir uma super vista da natureza local e observar peixes e aves.

lagoa dos barcos parque municipal belo horizonte
Crédito: Divulgação/PBHQue tal passear nos barquinhos e pedalinhos da Lagoa dos Barcos? O passeio é super gostoso!

Além da Lagoa dos Barcos, o parque, que tem 182 mil metros quadrados verdes e abertos, possui outras duas e diversas nascentes. A mais volumosa, que se encontra na área do Hemominas, alimenta as duas cascatinhas e as lagoas do Quiosque e dos Marrecos.

Nas lagoas são encontradas espécies de peixes como dourados, cascudos, tilápias e carpas. O cágado-de-barbicha, que representa os répteis, também pode ser visto nadando por ali.

No Parque Municipal de BH, você também encontra o Jardim das Borboletas, que é um espaço criado para o cultivo de plantas que atraem e fornecem alimento a todas as fases da vida das borboletas e mariposas. Semanalmente acontece trilha monitorada no jardim.

parque municipal de bh
Crédito: Divulgação/PBHO parque abriga 280 tipos diferentes de árvores de diversos lugares do Brasil e do mundo, além de 330 espécies de plantas ornamentais, que complementam o paisagismo dos jardins

O parque hoje forma um ecossistema representativo com árvores centenárias e ampla diversidade de espécies. São cerca de 280 espécies de árvores exóticas e nativas, como: figueiras, jaqueiras, cipreste-calvo, flamboyant, eucalipto, sapucaia, pau-mulato e pau-rei.

O espaço também abriga mais de 100 espécies de aves entre bem-te-vis, sabiás, garças, periquitos, pica-paus, sanhaços, saíras e outros animais, como gambás e micos. É um verdadeiro refúgio no meio da cidade!

Que tal fazer um piquenique por lá? Ou curtir uma voltinha na Lagoa? O Parque Municipal Américo Renné Giannetti fica aberto de terça a domingo, das 6h às 18h. A entrada é gratuita.

Ao todo, cinco portarias dão acesso ao local, sendo o principal deles o da avenida Afonso Pena, ao lado do Palácio das Artes. Tá com medo de se perder? Chama seu 99 que não tem erro!

lagoa dos barcos parque municipal de bh
Crédito: Divulgação/PBHO Parque Municipal é um refúgio para a fauna silvestre

Quer mais dicas legais para explorar BH? Seus problemas acabaram: fica de olho aqui na Catraca Livre, que a gente tem roteiros incríveis para você colar com o seu 99, que garante a dupla imbatível preço e qualidade!

A gente tem mais uma dica pra lá de boa: