Da República à Luz: dicas de passeios no centro de São Paulo

Festas, peças de teatro, exposições, shows! Tem de tudo no amado centrão de SP

Por: Agência Fática
Até
30
de novembro 2018
Segunda - Terça - Quarta - Quinta - Sexta - Sábado - Domingo
Diversos horários

O centro de São Paulo esconde diversos tesouros e lugares inusitados. Que tal aproveitar as próximas semanas para explorar os arredores das estações de metrô República, Anhangabaú e Sé, da linha Vermelha, e São Bento, Luz e Tiradentes, da linha Azul?

Largo da Misericórdia
Crédito: Largo da Misericórdia, 2018 - Edimilsom Peres Castilho - Instituto Bixiga Além de eventos culturais, o centro de SP é repleto de construções históricas!

A Catraca Livre selecionou uma série de programas culturais que cabem em todos os bolsos e agradam a um público de diversas idades. Tem teatro, exposição e show.

Vem com a gente?

  • 1. Noites com muita música e dança no Drosophyla

    Crédito: Divulgação - DrosophylaLegenda: Drosophyla tem muita música e dança todas às quintas e sextas

    Quintas musicais, Beatles e sextas dançantes no Drosophyla Bar
    Até 30 de novembro
    Drosophyla Bar
    Rua Nestor Pestana, 163 – Consolação
    Valores: às terça e quartas, R$ 20 (consumíveis),às quintas musicais, R$ 20(entrada/show – consumo livre), às sextas com DJ,  R$ 50 (R$ 20 de entrada e R$ 30 consumíveis) e, aos sábados, R$ 50(consumíveis)

    O Drosophyla Bar fica em um casarão dos anos 1920 tombado pelo patrimônio histórico. Projetada em estilo cottage, que significa um ar rústico, porém delicado e romântico, como uma casa de campo, o espaço também tem influência germânica. Na decoração, uma mistura da elegância das primeiras décadas do século 20 com a excentricidade contemporânea.

    A Madame Lili Wong, uma mulher muito à frente de seu tempo, é quem administra o bar. Pintora, poetisa, atriz e casada com um alemão, semanalmente ela recebe grandes nomes da boemia paulistana, tornando a casa um ponto de encontro de manifestações artísticas.

    Todas às quintas, o bar recebe atrações musicais.No dia 22, tem show da banda La Fuerza, com um repertório recheado de jazz e blues.

    No dia 29, tem muito rock nacional com Os Esporádicos, com hits de Legião Urbana, Paralamas do Sucesso, Titãs, Barão Vermelho, RPM, entre outros nomes marcantes das décadas de 1960 e 1970.

    Para quem AMA Beatles, tem atração especial: show da banda Beatles X Stones nas quartas, dia 21 e 28. Espere ouvir clássicos como “Help”, “She Loves You”, “I Want to Hold Your Hand”, “Can’t Buy Me Love” e “Love Me Do”.

    Beatles x Stones em Itapira no Boteco Vô Zito.

    Show de Beatles X Stones em Itapira no Boteco Vô Zito( 12/01 )

    Posted by Beatles X Stones on Sunday, January 14, 2018

    Por fim, todas as sextas tem o DJ Elias agitando a pista.

  • 2. Show de Benzina e BNegão no Sesc Carmo

    Crédito: Divulgação - Sesc CarmoLegenda: Banda Benzina, liderada por Edgar Scandurra, se apresenta no Sesc Carmo ao lado de BNegão

    Benzina com participação de BNegão
    26 de novembro, às 19h
    Sesc Carmo
    – Rua do Carmo, 147 – Sé
    Ingressos:R$ 20 (inteira), R$ 10 (meia-entrada) e R$ 6 (credencial plena)

    Desenvolvido pelo Sesc Carmo, o projeto Encontros Sonoros apresenta artistas em projetos paralelos àqueles em que o público está acostumado a vê-los. No dia 26, a banda Benzina, formada por Edgard Scandurra (conhecido também por seu trabalho no Ira!), a baixista Sandra Coutinho (As Mercenárias), a percussionista e baterista Michelle Abu (banda de Filipe Catto e Paulo Miklos) se apresentam ao lado de BNegão.

    O Benzinha mostra uma sonoridade com variações entre o rock e música eletrônica, passando por rocks modernistas, eletrô rocks e baladas inspiradas em Serge Gainsbourg.

  • 3. Festa Sisttema - SONS do Futuro na casa da luz

    Legenda: O casarão fica em plena região da Luz e conta com quatro ambientes lindos e bucólicos

    Sisttema – SONS do Futuro na casa da luz
    30 de novembro, das 23h às 5h
    Casa da Luz
    Rua Mauá, 512 – Centro
    Ingressos: até R$ 25

    Tem mais festão na Casa da Luz em novembro. No dia 30, na festa Sisttema, tem Yaminah, Mariana Mats, BBZão, UBUNTO e Fabio Costa comandando as pick-ups e projeções de Rodrigo Tamassia.

  • 4. Retrospectiva de Bob Wolfenson no Espaço Cultural Porto Seguro

    Crédito: Sophia Loren | © Bob WolfensonLegenda: Bob Wolfenson também tem um lado paparazzo, como mostra este retrato de Sophia Loren

    Retrospectiva de Bob Wolfenson apresenta 200 retratos marcantes
    Até 9 de dezembro,  de terça a sábado, das 10h às 19h, e aos domingos e feriados, das 10h às 17h
    Espaço Cultural Porto Seguro – Alameda Barão de Piracicaba, 610 – Campos Elíseos
    Grátis

    O paulistano Bob Wolfenson é um dos principais retratistas da contemporaneidade. Na retrospectiva em cartaz no Espaço Cultural Porto Seguro, os visitantes conferem fotos de Fernanda Montenegro, Caetano Veloso, Rita Lee, Lázaro Ramos, Caio Fernando Abreu, Maria Bethânia e outras celebridades. Além disso, entram em contato com um lado pouco conhecido dele, o de paparazzi. Estão expostas relances de figuras de Charlie Chaplin, Sophia Loren e muitos outros.

  • 5. Teatro no Sesc Consolação

    Crédito: Matheus José Maria - DivulgaçãoLegenda: Peça "Eu Estava em Minha Casa e Esperava que a Chuva Chegasse" fica em cartaz no Sesc Consolação até 16 de dezembro

    Espetáculo “Eu Estava em Minha Casa e Esperava que a Chuva Chegasse”, de Antunes Filho
    Até 16 de dezembro, sextas e sábados, às 21h, e aos domingos e feriados, às 18h
    Sesc Consolação
    Rua Dr. Vila Nova, 245 – Vila Buarque
    Ingressos: R$ 40 (inteira) R$ 20 (meia-entrada) e R$ 12 (credencial plena)
    Classificação: 14 anos
    Duração: 70 minutos

    A nova peça de Antunes Filho, “Eu Estava em Minha Casa e Esperava que a Chuva Chegasse”conta a história decinco mulheres que não têm nome. O filho que partira e por quem tanto esperam, também não tem. Algumas das coisas nomeadas na história são: chuva, casa, bosque, quarto, mochila, vestido. Ainda que não necessitem nomear-se, elas nutrem sentimentos variados: uma dor pela espera interminável, um ressentimento pela vida desperdiçada, uma volúpia reprimida, um desespero que nunca irrompe, um grito sufocado pelo tempo.

  • 6. Farol Santander: exposição "Trem das Onze"

    Crédito: David Rosseto - Latina Estudio - divulgaçãoLegenda: A exposição "Trem das Onze" está dividida em 10 salas

    “Trem das Onze – Uma viagem pelo mundo de Adoniran”
    Até 30 de dezembro, de terça a sábado, das 9h às 20h, e aos domingos, das 9h às 19h
    Farol Santander– Rua Major Sertório, 110 – Vila Buarque
    Entrada: R$ 20 (inteira) e R$ 15 (meia entrada)

    Com curadoria do cineasta Pedro Serrano e do jornalista Celso de Campos Jr., biógrafo do sambista, a exposição reúne mais de 100 itens raros do acervo pessoal do músico, que foi organizado ao longo de 40 anos pela esposa dele, Matilde, e mantido preservado desde a década de 1980. Organizada em dez salas imersivas, essa vasta coleção reúne objetos pessoais, documentos, recortes de jornais e revistas, filmes, fotografias, partituras e discos, além de trechos do documentário “Adoniran – meu nome é João Rubinato”.

    Alguns destaques desse acervo são os icônicos chapéu e gravata borboleta, a característica mais marcante no visual de Adoniran; a aliança de noivado feita para a esposa com a corda de um cavaquinho, história conhecida no samba “Prova de Carinho”; roteiros de radionovelas em que atuou, com anotações originais; fotografias inéditas; partituras de canções nunca gravadas; e o roteiro do filme “O Sertanejo”, que nunca foi rodado, com dedicatória de Lima Barreto.

  • 7. Hiper-realismo no CCBB

    Crédito: Divulgação - CCBB SPLegenda: Obra "Mother and Child, de John de Andrea, selecionada para a exposição "50 Anos de Realismo", no CCBB

    Exposição “50 Anos de Realismo – Do Fotorrealismo à Realidade Virtual”
    Até 14 de janeiro de 2019
    CCBB São Paulo
    Rua Álvares Penteado, 112 – Centro
    Grátis

    O público encontra cerca de 90 obras, entre pinturas, esculturas, vídeos e instalações interativas, feitas por 30 artistas de vários lugares do mundo que exploram a realidade na arte, por meio de diversas formas. Um dos destaques é o trabalho hiper-realista de Giovani Caramello, conhecido como Ron Mueck brasileiro. O público encontra uma grande escultura dele logo no saguão de entrada do centro cultural, além de outros trabalhos ao longo do espaço.

  • 8. Theatro Municipal: tour guiado

    Crédito: Allan Hipólito | Catraca LivreLegenda: Detalhe do interior do Theatro Municipal

    Tour gratuito guiado pelo Theatro Municipal
    Realizado de quarta à sexta, às 11h, 13h, 15h e 16h30, e aos sábados, às 14h e 15h
    Entrada: grátis

    O tour para conhecer um dos lugares mais icônicos de São Paulo tem duração de aproximadamente 1 hora e meia e capacidade para 10 pessoas por vez. Para se inscrever, basta ir no guichê ao lado da bilheteria, uma hora antes do horário da visita.

    Acompanhe a programação do Theatro Municipal pela internet.

  • 9. Exposiçãodo Lasar Segall no Sesc 24 de Maio

    Crédito: Coleção Museu Lasar Segall - IBRAM_MinC, ft jorge bastosLegenda: Obra "Menino com Lagartixas", pintada em 1924 por Lasar Segall

    Exposição “Lasar Segall: ensaio sobre a cor”
    Até 5 de março de 2019, de terça a sábado, das 9h às 21h, e aos domingos e feriados, das 9h às 18h
    Sesc 24 de Maio – Rua 24 de Maio, 109 – República
    Grátis

    Um dos artistas mais importantes do século 20 ganhou uma retrospectiva no Sesc 24 de Maio. Com curadoria de Maria Alice Milliet , a mostra gratuita “Lasar Segall: ensaio sobre a cor” reúne 87 obras do artista, entre desenhos e pinturas, além de fotografias e documentos. Os desenhos e pinturas estão divididos em quatro grupos, separados de acordo com diferentes esquemas cromáticos.

  • 10. Programação de novembro do Centro de Memória do Circo

    Crédito: Bruno Danielius PassosLegenda: Maquete de um circo exposta no Centro de Memória do Circo, acervo Mestre Maranhão

    Centro de Memória do Circo – programação de novembro
    O espaço funciona de quarta à sexta, das 10h às 20h, e aos sábados e domingos, das 13h às 20h
    Centro Cultural Olido – Avenida São João, 473 – Centro – Térreo e sobreloja
    Entrada: grátis

    O Centro de Memória do Circo é o primeiro centro de memória do Brasil consagrado exclusivamente ao circo e suas artes. Fundado em 2009, o CMC tem como missão pesquisar, localizar, resgatar, preservar reunir, difundir e transmitir a memória circense e assim colocar o circo no lugar de destaque na cultura brasileira.

    Quem quiser fazer uma visita mediada à exposição permanente “Hoje tem Espetáculo” pode mandar um e-mail para educativocmc@hotmail.com. O programa é gratuito e tem a duração de 60 minutos.

Por: Agência Fática

A Fática é uma agência de comunicação especializada em cultura em suas várias linguagens.

1
Onde curtir um show de música independente delicinha em São Paulo
Pagar dois salários mínimos pra ver show não dá, né? Ainda mais quando São Paulo é a cidade onde você encontra …
2
RJ: Um mergulho literário no Real Gabinete Português de Leitura
O Rio de Janeiro é a Cidade Maravilhosa não apenas por suas paisagens e praias! Ali no centro fica um dos …
3
Casa Preta: lar da cultura alternativa de Salvador
Um Casarão no Dois de Julho tem cultura saindo pelas janelas! Com eventos do subsolo ao terraço, a Casa Preta …
4
SP: Maior festival de inovação e arte digital do Brasil
Unhide Conference, um festival de inovação e arte digital está em sua segunda edição. Fomos conferir esse encontro de arte, criatividade …
5
Terça do Vinil em Recife: rolê pra gente lisa
Depois de uma temporada granfina lá nas Europa, a minha, a sua, a nossa Terça do Vinil tá de volta …
6
02:19
Vem ver o céu à noite no Planetário da Gávea no Rio
Os amantes do universo têm um rolé para chamar de seu no Rio! Toda quarta e sábado acontece lá no Planetário …
7
04:15
Edifício Maletta: 4 lugares, alguns drinks e 1 varanda para amar em BH
Ele tem história e paixão. É comercial e residencial. Tem comida de boteco e bebida gourmet. Gente interessante de um …
8
03:26
Gravity VR em SP – A realidade virtual como você nunca viu
Hoje, vamos te mostrar a fronteira entre mundo físico e o virtual através de equipamentos e programas de última geração. Esse …