Assista a peça ‘As Palavras da Nossa Casa’ com desconto exclusivo

Inspirado em filmes de Bergman, espetáculo fez uma temporada de sucesso na Casa das Rosas (SP)

Ouça este conteúdo

Até 27 de setembro de 2020

Sábado - Domingo

Sábados, às 21h | Domingos, às 20h

A peça “As Palavras da Nossa Casa”, do Núcleo Teatro de Imersão, que conduzia os espectadores por uma experiência única na Casa das Rosas (SP), ganhou uma versão online! O espetáculo fica em temporada até 27 de setembro e explora as potencialidades da plataforma Zoom. E o melhor: leitores Catraca Livre pagam meia-entrada! 😍

Para garantir o desconto, basta acessar o site de compra aqui, selecionar a data de sua preferência e no campo “Aplicar Código Promocional” escrever CatracaLivre. Por fim, valide no botão “Aplicar”.

Enquanto acompanhava a encenação, o público percorria diversos cômodos do belíssimo casarão localizado na Avenida Paulista, como se ele fosse a própria residência dos personagens. Com a pandemia de Covid-19, a temporada, que estava lotando todas as sessões, foi interrompida, e o grupo pensou em formas de transportar essa narrativa para a internet.

As Palavras da Nossa Casa peça online

Crédito: Hernani Rocha/ divulgaçãoAdriana Câmara em cena da versão online de “As Palavras da Nossa Casa”

Inspirada em alguns filmes do cineasta sueco Ingmar Bergman, a história precisou passar por algumas modificações para garantir uma experiência online imersiva. Na Casa das Rosas, a peça era ambientada nos anos 1960, o que não acontece no espetáculo virtual, situado nos dias de hoje. Por isso, o figurino ganhou ares contemporâneos e a pandemia do novo coronavírus se tornou parte da narrativa.

Espetáculo online As Palavras da Nossa Casa

Crédito: Captação ZoomVersão virtual da peça ganhou ares contemporâneos

Na trama, o espectador acompanha um encontro virtual no próprio Zoom entre a famosa cantora lírica Charlote (interpretada pela atriz Gizelle Menon), sua filha única Eva (Adriana Câmara) e seu genro Victor (Glau Gurgel). As duas não se veem há anos e guardam muitas mágoas do passado, como o fato de Eva ter precisado lidar com a perda de seu único filho sem o apoio de mãe, que tentava administrar as demandas de sua carreira internacional.

Charlote vive na agitada metrópole São Paulo (SP), enquanto Eva optou por uma vida mais tranquila e foi morar com o marido pastor presbítero Victor em Garanhuns (PE). Como Victor teve contato com alguém que contraiu Covid-19 na sua paróquia, ele e Eva dividem telas diferentes – enquanto ela circula pelo apartamento, ele acessa a conferência do escritório, onde passa a quarentena.

Para conseguirem se reaproximar, mãe e filha devem encarar todas as suas feridas, e, nesse processo, acabam proferindo palavras muito duras, de que, possivelmente, se arrependerão.

Temas como o amor, as cobranças e expectativas na criação dos filhos, as diferenças de geração, a falta de comunicação em relacionamentos, a esperança e os recomeços após dores profundas e os temores trazidos pela pandemia são retratados na peça online – o que provoca uma grande identificação com o público.

As palavras da nossa casa online

Crédito: Captação ZoomGizelle Menon em cena da peça online

O caráter imersivo da encenação permanece em sua versão online. Mas, agora, ao invés de conhecer a Casa das Rosas de uma forma diferente, os espectadores percorrem diferentes cômodos das casas dos próprios atores, convertidas, como em um passe de mágica, em cenário para a montagem.

“As Palavras da Nossa Casa” é o segundo espetáculo do Núcleo Teatro de Imersão. A primeira peça do grupo, “Tio Ivan”, ganhou o Aplauso Brasil 2018 na categoria Melhor Espetáculo de Grupo por voto popular.

Que tal assistir a outros espetáculos virtuais?

Agência Fática

Em parceria com Agência Fática

A Fática é uma agência de comunicação especializada em produzir conteúdos sobre cultura em suas diferentes linguagens.

Compartilhe: