Últimas notícias:

Loading...

‘As Palavras da Nossa Casa’ é inspirada em filmes de Ingmar Bergman

Espetáculo online do Núcleo Teatro de Imersão propõe ao público invadir a chamada em vídeo de uma família

Por: Redação
Ouça este conteúdo

Até 27 de março de 2021

Segunda - Terça - Quinta - Sexta - Sábado

De segunda a sexta, às 14h30 e às 19h30, e, no sábado, às 16h e às 20h

Recursos de acessibilidade para pessoas com deficiência não informados pelo próprio organizador do evento

A peça “As Palavras da Nossa Casa”, do Núcleo Teatro de Imersão, que conduzia os espectadores por uma experiência única na Casa das Rosas (SP), ganhou uma versão online. Agora você tem mais uma chance para assistir o espetáculo – e, desta vez, sem pagar nada!

As Palavras da Nossa Casa
Crédito: Hernani Rocha“As Palavras da Nossa Casa” estreou presencialmente em 2020 na Casa das Rosas

Enquanto acompanhava a encenação, o público percorria diversos cômodos do belíssimo casarão localizado na Avenida Paulista, como se ele fosse a própria residência dos personagens. Com a pandemia de Covid-19, a temporada, que estava lotando todas as sessões, foi interrompida, e o grupo pensou em formas de transportar essa narrativa para a internet.

Inspirada em alguns filmes do cineasta sueco Ingmar Bergman, sobretudo em “Sonata de Outono” (1978), a montagem precisou passar por algumas modificações para garantir uma experiência online imersiva.

A história, que na Casa das Rosas era ambientada nos anos 1960, passou a ser situada nos dias de hoje. Por isso, o figurino ganhou ares contemporâneos e a pandemia do novo coronavírus se tornou parte da narrativa.

As Palavras da Nossa Casa online
Crédito: Hernani Rocha/ divulgaçãoVersão virtual da peça ganhou ares contemporâneos

Na trama, o espectador é convidado a invadir um encontro virtual no próprio Zoom entre a famosa cantora lírica Charlote (interpretada pela atriz Gizelle Menon), sua filha única Eva (Adriana Câmara) e seu genro Victor (Glau Gurgel).

As duas não se veem há anos e guardam muitas mágoas do passado, como o fato de Eva ter precisado lidar com a perda de seu único filho sem o apoio de mãe, que tentava administrar as demandas de sua carreira internacional.

Charlote vive na agitada metrópole São Paulo (SP), enquanto Eva optou por uma vida mais tranquila e foi morar com o marido pastor presbítero Victor em Garanhuns (PE). Como Victor teve contato com alguém que contraiu Covid-19 na sua paróquia, ele e Eva dividem telas diferentes – enquanto ela circula pelo apartamento, ele acessa a conferência do escritório, onde passa a quarentena.

Espetáculo online As Palavras da Nossa Casa
Crédito: Captação ZoomO público é convidado a “invadir” uma reunião familiar pelo Zoom

Para conseguirem se reaproximar, mãe e filha devem encarar todas as suas feridas, e, nesse processo, acabam proferindo palavras muito duras, de que, possivelmente, se arrependerão.

Temas como o amor, as cobranças e expectativas na criação dos filhos, as diferenças de geração, a falta de comunicação em relacionamentos, a esperança e os recomeços após dores profundas são discutidos no trabalho.

Crédito: Captação ZoomMãe e filha tentam reencontrar o ponto perdido em seu relacionamento

Curtiu? Para conferir “As Palavras da Nossa Casa”, basta reservar seu ingresso por este site aqui. As apresentações acontecem entre 22 e 27 de março, de segunda a sexta-feira, às 14h30 e às 19h30; e no sábado, às 16h e às 20h.

Também tem teatro para a criançada:

Compartilhe: