Exposição 'Loucuras Anunciadas' reúne gravuras sombrias de Goya

Peça ‘O Abacaxi’ volta com Marcius Melhem e reflexão sobre o amor

Na peça "O Abacaxi", Marcius Melhem e Veronica Debom refletem sobre as várias formas de amar

Teatro

Escrita e também protagonizada por Veronica Debom, a comédia, em cartaz no Teatro SESI, aborda as várias formas de se relacionar hoje em dia

Relacionamento aberto, a dois, a três, com amigo: as infinitas formas de amar foram fonte de inspiração para a montagem da peça “O Abacaxi”, que está de volta no circuito carioca, agora com Marcius Melhem dividindo o palco do Teatro SESI com a veterana e também autora do texto Veronica Debom. Os ingressos custam R$ 20 e R$ 10 (meia).

peça O Abacaxi
Crédito: DivulgaçãoNa peça “O Abacaxi”, Marcius Melhem divide o palco com Veronica Debom

Sob a direção de Debora Lamm, os atores se amam, brigam e se reconciliam em cena na pele de diversos casais. O texto tragicômico e ácido traz à tona reflexões sobre as tantas possibilidades de se relacionar com o outro hoje em dia e a busca pelo amor liberto nesse momento de descobertas.

Veronica e Marcius, que também contracenam na TV, no programa “Tá no Ar”, tentam responder no palco a perguntas que vez ou outra nos atormentam nos tempos atuais: É possível ser livre de fato em algum modelo de relacionamento? Como fazemos para que nossos condicionamentos passados não atrapalhem a fluidez dos nossos relacionamentos presentes? Como escapar da nossa própria prisão mental?

A trilha sonora da peça rola ao vivo e é assinada por Rafael Rocha, que também interage com os atores. Para compor a ambientação dos diferentes casais nem tanto convencionais, Mina Quental, responsável pela cenografia, optou por colocar os móveis e objetos típicos de todo o lar fora de sua função habitual: a geladeira é o guarda-roupa, a bateria está no meio da cozinha e a cama está suspensa no teto.

As apresentações do espetáculo “O Abacaxi” acontecem às segundas e terças-feiras, às 19h, no Teatro SESI, até o dia 14 de agosto. Partiu teatro!

Dez exposições no Rio de Janeiro para visitar sem pagar nada!

Compartilhe:

Autor: Por: Redação