0800: exposição “Extremos Líquidos” reúne pinturas e esculturas

‘Frida Kahlo-A Deusa Tehuana’ revela lado mais humano da artista

Monólogo ‘Frida Kahlo – A Deusa Tehuana’ mergulha em aspectos mais íntimos e menos explorados da vida da pintora mexicana
Até
29
de setembro 2018
Quinta - Sexta - Sábado
Às 19h

Teatro

Monólogo protagonizado por Rose Germano fica em cartaz no Teatro Eva Herz até setembro

Quem foi Frida Kahlo longe dos holofotes, na vida particular? Desta pergunta partiu a investigação para a montagem do espetáculo “Frida Kahlo – A Deusa Tehuana”, em cartaz até o dia 29 de setembro no Teatro Eva Herz, no centro do Rio.

Com direção de Luiz Antonio Rocha, atuação de Rose Germano e texto escrito pela dupla, o monólogo, livremente inspirado no diário e na obra da pintora mexicana, desconstrói o mito para mostrar uma Frida mais humana, sem estereótipos.

Peça ‘Frida Kahlo – A Deusa Tehuana’
Crédito: Renato Mangolin/DivulgaçãoMonólogo ‘Frida Kahlo – A Deusa Tehuana’ mergulha em aspectos mais íntimos e menos explorados da vida da pintora mexicana

Tudo de mais óbvio sobre a trajetória da artista foi excluído da dramaturgia, que mergulha em aspectos mais íntimos e menos explorados da sua personalidade, no sentimento mais profundo de uma mulher que queria ser mãe e não conseguiu, que era frágil e, ao mesmo tempo, forte e determinada. Em cena, é explorado o inédito, o que as pessoas sequer imaginam, como a sua relação com os médicos e a descoberta da colecionadora de arte Dolores Olmedo.

Peça ‘Frida Kahlo – A Deusa Tehuana’
Crédito: Renato Mangolin/DivulgaçãoMonólogo em cartaz no Teatro Eva Herz é protagonizado por Rose Germano

A preparação para a montagem do espetáculo foi longa e incluiu uma viagem ao México, onde Luiz Antonio Rocha encontrou a Frida que queria montar: a pintora que transformou a dor em arte estava despida para dar vida à deusa tehuana. Na cidade de Oaxaca, o diretor comprou todas as peças autênticas que compõem o figurino do espetáculo, em antiquários e com artesãos indígenas.

“Frida Kahlo – A Deusa Tehuana” pode ser vista de quinta a sábado, às 19h. Os ingressos custam R$ 50 e R$ 25 (meia). Na semana de estreia (dias 2, 3 e 4 de agosto), tem ingresso promocional a R$ 20. Saiba mais!

Peças de teatro 0800 ou baratinhas para curtir no Rio

Compartilhe:

Autor: Por: Redação