Programação em homenagem ao Dia Internacional da Pessoa com Deficiência toma conta de SP

Por: Redação | Comunicar erro

Em homenagem ao Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, 3 de dezembro, vários locais da capital paulista recebem dois eventos que contam com uma extensa programação cultural, esportiva e de lazer para pessoas com e sem deficiência participarem juntas. A entrada é Catraca Livre.

De 1 a 6 de dezembro acontece o primeiro deles: a “Semana Inclusiva”, em diversas unidades do Sesc (capital, interior e litoral). Nessa mesma semana, do dia 3 ao 6, ruas, praças, parques, museus e teatros de São Paulo recebem a programação da “Virada Inclusiva 2015”.

Fabiana Cozza (divulgação)
Fabiana Cozza (divulgação)
Chico Cesar
Chico Cesar
Exposição
Exposição "Sentir para Ver" (divulgação)
Exposição
Exposição "Sentir para Ver" (reprodução)
Terezinha Guilhermina (reprodução)
Terezinha Guilhermina (reprodução)
Macbeth (Foto: Adriano Fagundes)
Macbeth (Foto: Adriano Fagundes)
Medida por Medida (Foto: Adriano Fagundes)
Medida por Medida (Foto: Adriano Fagundes)

Se interessou? Então confira abaixo 5 destaques de cada um dos eventos:

Semana

Promovida pela Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Estado de São Paulo. Confira a programação completa aqui

  • Contação de histórias em Libras

O Sesc Interlagos, às 15h do dia 5, recebe uma oficina narrativa em que o protagonista é uma pessoa com deficiência visual. Os participantes são convidados a ouvir um conto de olhos fechados, preencher o contorno de uma figura retirada da história e depois sentir cada uma das imagens.

Já o Sesc São Carlos, no mesmo dia, aposta na história de viajantes que fogem de seu lugar de origem em busca de uma vida próspera. Tudo isso com música e canto pra envolver adultos e crianças.

No Sesc Santo André, no dia 6, os ouvintes são convidados para o universo do circo com a atração “Acorda Januário” e no Sesc Ipiranga os ouvintes embarcam em uma viagem para China, Coréia e Oriente Médio através de contos.

  • Vivência com Paratletas

Antônio Tenório é judoca com deficiência visual e é o único atleta tetracampeão em Olimpíadas e Paraolimpíadas no esporte brasileiro. Ele participa de vivências no Sesc Itaquera e no Sesc Bom Retiro.

A corredora com deficiência visual mais rápida do mundo, Teresinha Guilhermina, compartilha um pouco de sua história no Sesc Campinas. Além dela, outros paratletas como os medalhistas da natação Edênia Garcia e Clodoaldo Silva marcam presença no Sesc Vila Mariana.

  • Exposição

A exposição “Sentir para ver”, composta por artes em 3D e através de alguns recursos até então inéditos no Brasil, permite que os cegos também apreciem as obras no Sesc Santo André.

São 14 reproduções fotográficas de obras brasileiras pertencentes ao acervo da Pinacoteca do Estado de São Paulo acompanhadas por recursos multissensoriais que constroem, assim, múltiplas interações da arte com seu público.

  • Teatro

Assim como a música e o cinema, o teatro também pode empregar LIBRAS e audiodescrição para possibilitar a acessibilidade. Na programação para adultos os espetáculos teatrais que contarão com esses tipós de acessibilidade são “Macbeth” e “Medida por Medida”, do dramaturgo inglês Willian Shakespeare, nos dias 3 e 5 de dezembro no Sesc Vila Mariana.

O público infantil também pode assistir à obra “A Famosa Invasão dos Ursos na Sicília”, de Dino Buzzati, que é encenada com acessibilidade nos dias 5 e 6 de dezembro no Sesc Belenzinho.

  • Atividades de cunho ambiental

Nas últimas décadas a questão ambiental tem sido um dos grandes temas para humanidade. Para democratizar a discussão, o Sesc em São Paulo preparou várias atividades com acessibilidade do conteúdo.

O Sesc Vila Mariana promove oficinas que ensinam a construir cisternas domésticas, contando com tradução em Libras. A atividade apresenta uma alternativa simples e barata para o aproveitamento da água da chuva.

Já em São Carlos, uma trilha dos sentidos percorre as áreas verdes e propõe uma experiência ambiental criativa. Em um percurso realizado em espaços verdes, os participantes encontram elementos naturais e objetos que são percebidos com o uso dos diferentes sentidos: tato, paladar, audição e olfato. A atividade acolhe pessoas com mobilidade reduzida, em cadeira de rodas e com limitações visuais e auditivas.

Virada

Organizada por instituições da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo em parceria com instituições da sociedade civil. Confira a programação completa aqui

  • Esportes adaptados

Aulas com atividades lúdicas focadas nas possibilidades de inclusão de pessoas com deficiência. Os participantes experimentam realizar atividades cooperativas e com estímulos diferentes dos quais estão acostumados. Vôlei sentado, goalball e atletismo são algumas das opções oferecidas nas unidades do Sesc Ipiranga e Santo Amaro.

  • Action Park

A atividade que desafia pessoas sem deficiência a percorrerem com cadeira de rodas um circuito que simula 7 obstáculos do dia a dia enfrentados pelas pessoas com deficiência, como paralelepípedo, tampa de bueiro, rampa com inclinação inadequada e passagem estreita. O objetivo da atividade é sensibilizar arquitetos, urbanistas e a população em geral para que a acessibilidade seja lembrada na projeção de ruas, calçadas, edifícios públicos e privados. A ação estará no Parque Villa-Lobos na quinta-feira, das 10h às 16h e no sábado, das 9h às 17h.

  • Oficina de fotografia para deficientes visuais

No dia 3, das 14h às 16h, o fotógrafo João Kulcsár ministra no Parque da Água Branca uma oficina de fotografia para pessoas com e sem deficiência visual (estas, com os olhos vendados) permitindo que os participantes agucem outros sentidos que não a visão para capturarem as imagens.

  • Bicicletada Inclusiva

No domingo, dia 6, a partir das 9h, a Praça dos Ciclistas, na Avenida Paulista, vira palco da Bicicletada Inclusiva. Na atividade, ciclistas podem levar suas bicicletas ou utilizar algumas que estarão no local, como as hand bikes, para pessoas com deficiência nos membros inferiores, e as tanden, em que uma pessoa sem deficiência pedala no assento da frente e o ciclista com deficiência visual, no de trás.

  • Shows

No dia 3, o Teatro Sérgio Cardoso, a partir das 19h, recebe a cantora de MPB Fabiana Cozza para uma apresentação com o rapper Billy Saga, o ator Edgar Jacques e o violonista cego Renato José.

Para fechar a programação da Virada Inclusiva, às 20h do dia 6, Chico César e banda fazem um show no Memorial da América Latina, na Praça da Sombra.

[tab:END]

1 / 8
1
03:52
3 lugares em SP para você que é um apaixonado por livros
A cidade de São Paulo reserva ótimas surpresas para os apaixonados por livros. E é por isso que a Catraca …
2
04:21
Conheça um lugar onde criatividade e inovação fazem parte do dia a dia
A EBAC, além de oferecer uma série de cursos de graduação, especialização e iniciação em áreas como arte, design, audiovisual, …
3
03:17
3 bares em São Paulo escondidos em subsolos + 1 bônus imperdível
Entre o pé sujo e o bar classudo, há mais points inusitados do que a nossa mente pode imaginar! Como …
4
05:36
5 festas juninas em SP para comer até sair rolando
Chega junho e o coração até derrete! É tempo de Santo Antônio, forró arrasta pé, milho, fogueira, quentão, vinho quente, …
5
04:26
O melhor do fim de semana em SP: 27 e 28 de abril
Oi, pessoal! Vim aqui só com boas notícias! Tenho dicas maravilhosas para você curtir seu final de semana em São …
6
01:26
Sandy & Júnior: já comprou o seu ingresso?
Sandy & Júnior estarão juntos no palco mais uma vez. A dupla queridinha da década de 90 vai fazer uma turnê …
7
02:32
Casa de Pedra é o lugar para você praticar escalada em SP
São Paulo é um grande mar de opções para quem quer se divertir, inclusive praticando esportes radicais sem precisar sair …
8
01:43
Carburadores, o paraíso da carne defumada em SP
O Carburadores é aquele típico restaurante sem mimimi, com ambiente rock´n roll, menu enxuto de sanduíches, entradas e pratos principais …