Sexta-feira 13: Noitão Belas Artes tem sessões de terror

Atenção: lá pras 4h da manhã, se o sono ameaçar chegar, basta pensar 'sai, que este corpo não te pertence'. Tenha fé!

Por: Redação

O Noitão Belas Artes de março acontece numa sexta 13 com destaque para o lançamento “Possessão – O Último Estágio”, de Pearry Reginald Teo, filme que traz para as telas o estágio final da possessão demoníaca! VADE RETRO!

noitão belas artes possessão
Crédito: ReproduçãoUm dos programas mais queridos do público do Petra Belas Artes, o Noitão movimenta as madrugadas na esquina da av. Paulista com a Consolação

No filme, um pai enfrenta os piores pesadelos ao tentar aconselhar o filho a encarar os próprios medos. Quando o garoto começa a ver monstros pela casa, o caminho para os demônios está aberto.

E se você tiver coragem,  a programação da maratona noturna é complementada por mais três filmes, todos abordando possessão e exorcismo: “O Anticristo”(1974), do diretor italiano Alberto De Martino; “Stigmata”(1999), de Rupert Wainwright, estrelado pela vencedora do Oscar Patricia Arquette; mais um filme-surpresa, na última sessão.

9 CINEMAS DE RUA EM SP PARA FUGIR DA PROGRAMAÇÃO ‘BLOCKBUSTER’

“O Anticristo” é, assumidamente, a resposta italiana ao estrondoso sucesso de “O Exorcista”, que foi lançado um ano antes, em 1973. Para dar conta do recado, o produtor Edmondo Amati escalou o diretor Alberto De Martino, que já havia realizado “Il Consigliori”(1973), uma cópia pra lá de modesta de “O Poderoso Chefão”.

Como a verba para esse tipo de produção era irrisória, um dos motivos da escolha de De Martino para dirigir “O Anticristo” foi a sua conhecida habilidade em disfarçar a falta de dinheiro usando a criatividade. Para formar um time de peso, foram contratados o roteirista Gianfranco Clerici (do posterior “Cannibal Holocaust”), o compositor vencedor do Oscar Ennio Morricone (ele mesmo!), e atores renomados como  o americano Mel Ferrer (par de Audrey Hepburn em “Quando Paris Alucina”) e Alida Valli (estrela de “Agonia de Amor”, de Hitchcock, e “Senso”, de Visconti).

Para protagonista, foi escolhida a pouco conhecida Carla Gravina, no papel de Ippolita, uma garota que sofre as sequelas de um acidente da infância e, durante um ritual católico no qual busca por algum milagre, ela coloca sua fé em dúvida, facilitando a entrada do demônio.

Com boa direção de arte e efeitos especiais visivelmente artesanais, o filme obteve razoável sucesso de bilheteria e hoje é considerado um cult, mais ousado que “O Exorcista” original, com cenas ainda mais chocantes de heresia, rituais satânicos, insinuação de incesto, orgias e sexo com o próprio Diabo.

O arrepiante “Stigmata”, como sugere o título, se baseia no mistério das estigmas, que são as marcas das chagas de Jesus, quando ele foi crucificado. Na trama, uma cabeleireira, interpretada por Patricia Arquette, passa a ter ataques epiléticos e, misteriosamente, sua cabeça, pés e mãos começam a sangrar, depois que ela ganha de sua mãe um rosário como suvenir.

O objeto, no entanto, é originário do Brasil e foi roubado de um padre, já falecido, ex-pároco de uma igreja na qual os santos também sangram. Ao tomar conhecimento do fenômeno, o Vaticano logo manda para cá um padre, papel de Gabriel Byrne, especialista em investigar milagres como este. Intrigado, ele vai aos Estados Unidos para investigar as cada vez mais estranhas manifestações sofridas pela cabeleireira.

Com direção de Rupert Wainwright, realizador de videoclipes de bandas e artistas famosos, o elenco conta ainda com Jonathan Pryce (de “A Esposa” e “Dois Papas”) e trilha musical de Billy Corgan, da banda americana Smashing Pumpkins.

Por fim, vem o filme-surpresa, um segredo que nem o Vaticano conhece. Só quem “sobreviver” até o final saberá.

O Noitão acontece no Belas Artes, ali na Consolação, na próxima sexta-feira 13 de março, a partir das 23h30. O ingresso para as quatro sessões custa até R$ 38 (compra online neste link) e no fim da madruga, os “vencedores” da maratona são recebidos com um café da manhã massa!

Mais filmaços em São Paulo pra você curtir:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.