Live shows e intervenções artísticas marcam Mês do Rock em SP

Ratos de Porão, Maguerbs, Orquestra Vermelha e Test são algumas atrações do evento virtual!

Até 30 de julho de 2020

Todos os dias

Diversos horários (depende da programação)

Também tem atrações espalhadas pelas ruas de SP e lives nos Facebooks das Casas de Cultura M'Boi Mirim, São Rafael, Raul Seixas e Butantã

Fãs do bom e velho rock’n’roll têm motivo para celebrar durante o mês de julho! A Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo preparou um evento online e gratuito todo especial: o Mês do Rock, com live shows imperdíveis e várias intervenções artísticas.

Mês do rock Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo
Crédito: Divulgação e Clayton Clemente (Ratos de Porão)Maguerbs, Test e Ratos de Porão são algumas atrações do evento

Uma das ações é o SP Rock Mapping, feito em parceria com o Ateliê Digital Analógico em co-produção com Artéria e Desmonta. Na iniciativa, quatro empenas na Rua Augusta recebem projeções, transmitidas ao vivo por streaming, com uma trilha sonora pesadíssima. Você pode acompanhar essa mistura de show e arte digital ao vivo pelo YouTube da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo.

No dia 18, entre às 19h e às 00h, o Rock Mapping exibe as performances de Verónica Decide Morrer (19h), Orquestra Vermelha (19h40), Test (20h40), Magüerbes / SHN (21h20) e Ratos de Porão (22h).

Já no dia 19, a programação alterna os horários e apresenta Test (19h), Verônica Decide Morrer (19h40), Magüerbes / SHN (20h20), Ratos de Porão (21h) e Orquestra Vermelha (22h). Também estão previstas homenagens à Rita Lee!

Mês do Rock em SP

Há também atrações do Mês do Rock que podem ser vistas em pontos estratégicos da cidade de São Paulo. Em Recriando Capas de Discos Famosas, lugares icônicos como o Vão Livre do MASP e o Largo da Batata são decorados com capas de discos lendárias. Os clássicos “Abbey Road”, dos Beatles, e “1993”, de Rita Lee, são lembrados nessa ação.

Mês do Rock em SP
Crédito: Divulgação/ Secretaria Municipal de Cultura de São PauloVárias capas de discos estão espalhadas por SP

No Terminal Barra Funda fica a instalação audiovisual Tô no Rock!. Quem passar por lá pode interagir com uma tecnologia Kinect e acessar um conteúdo sobre a história de bandas e de músicas marcantes do rock.

Ciclovia para o Mês do Rocj
Crédito: Divulgação/ Secretaria Municipal de Cultura de São PauloCiclovia Juan Rodrigues Quintas está decorada para o Mês do Rocj

As ciclovias também entraram no clima do evento. Elas receberam adesivos de figuras marcantes do rock. O Theatro Municipal e o Vão do MASP também receberam infláveis em homenagem ao estilo musical.

Ônibus do Rock
Crédito: Divulgação/ Secretaria Municipal de Cultura de São PauloCinco ônibus como esse circulam a cidade durante o mês de julho

E não é só isso! O Parque Augusta recebe a Rock Wall, uma intervenção com lambe-lambes que exibe imagens de grandes artistas. A fachada do Centro Cultural Olido exibe uma instalaçao com discos de vinil e cinco ônibus de diferentes linhas da cidade estão adesivados em comemoração ao Mês do Rock (6093-10, 8400 – 10, 719P – 10, 2666 – 10 e 6835- 10).

Lives nas Casas de Cultura

As páginas do Facebook das Casas de Cultura também recebem atividades especiais. Programe-se para não perder nada!

17 de julho (sexta), às 19h: Agrotóxico
Suas músicas abordam temas sociais diversos, como a violência nas grandes cidades, o meio ambiente e a política.
Onde: Facebook da Casa de Cultura M’Boi Mirim

25 de julho (sábado), às 20h: Subalternos
Uma das bandas expoentes da nova geração do Punk Rock vai tocar suas músicas e conta suas vivências sobre dois tours pela Europa, se apresentando em um dos maiores festivais do mundo, como o “Rebellion Festival”.
Onde: Facebook da Casa de Cultura M’Boi Mirim

25 de julho (sábado), às 20h: AndraRock
A banda preparou uma live em formato duo, trazendo músicas autorais para mostrar toda a sua versatilidade, prometendo bastante interação e o requinte do seguimento rock ao estilo pop rock.
Onde: Facebook da Casa de Cultura São Rafael e dos artistas

26 de julho (domingo), às 16h20: Desacato Civil
O grupo de hardcore punk acredita que existem diversas maneiras de expressar sentimentos e posicionamentos e por esta razão, utiliza a sua música como ferramenta política, sempre pensando em favor de ações coletivas.
Onde: Facebook da Casa de Cultura Raul Seixas

30 de julho (quinta), às 20h: Ossos Cruzados
Formada em 2015, a banda faz uma mistura entre música pesada, o cinema de terror, o folclore e páginas policiais. Já lançou dois álbuns, tendo o reconhecimento pela mídia especializada e é bastante ativa em participações de grandes festivais, acumulando diversas apresentações no ano de 2019.
Onde: Facebook da Casa de Cultura Butantã e do artista

Acontecem diversos shows online imperdíveis no mês de julho!

Em parceria com Agência Fática

A Fática é uma agência de comunicação especializada em produzir conteúdos sobre cultura em suas diferentes linguagens.