Imagem do Topo

Projeto itinerante de jazz ocupa mansões históricas em SP

Última edição do Jazz Mansion de 2018 apresenta shows de Tony Gordon, Emblues Beer Band e Luísa Viscardi no Nacional Club

Por: Redação | Comunicar erro

Quem não adora curtir um som gostosinho em um lugar maravilhoso? Essa é a proposta do Jazz Mansion, que ocupa mansões e casarões históricos com muito jazz e gêneros musicais influenciados pelo estilo.

Banda de jazz tocando em um casarão histórico
Crédito: Nayara Spina Photographer - DivulgaçãoÚltima edição do Jazz Mansion acontece no Nacional Club no dia 9 de dezembro

A última edição de 2018 acontece no domingo, dia 9 de dezembro, das 15h às 22h, no Nacional Club. Os ingressos custam R$ 40 e podem ser comprados pela internet.

Quem anima o domingão são os artistas Tony Gordon, uma das principais vozes do jazz na América Latina; a Emblues Beer Band, com sua mistura de folk, jazz, blues e música regional brasileira; e a DJ Luísa Viscardi. Com 13 edições realizadas em São e uma no Rio, o projeto já passou por casas das década de 1910, 1920, 1930, 40 e 1950.

O Nacional Club foi projetad0 pelo arquiteto Jacques Pillon para ser a mansão do banqueiro Orozimbo Roxo Loureiro, dono do Banco Nacional Imobiliário. A decoração tem um estilo clássico e requintado. No térreo, além de uma piscina e um jardim assinado por Roberto Burle Marx, há uma biblioteca. No andar de cima, seis salas de reunião e um imenso banheiro social revestido de mármore — nos anos dourados, barbeiros e engraxates transitavam muito por ali.