Museus em SP reabrem seguindo todas as medidas de segurança

Saiba como visitar a Pinacoteca, o MASP, o Itaú Cultural, o MIS, o CCBB e outras instituições:

Ouça este conteúdo

A região da Grande São Paulo, incluindo a capital, entrou na fase verde no plano de reabertura da economia durante a pandemia do novo coronavírus. Por isso, diversos museus em SP voltam a funcionar, seguindo todos os protocolos de segurança previstos pelas autoridades sanitárias.

museus abertos em sp
Crédito: Divulgação | Lenadro Viola | Ding Musa | iStock | iStock/@AlfribeiroPara visitar os museus em SP é necessário estar sempre de máscara e medir a temperatura antes de sair de casa

Para evitar aglomerações, a maioria das instituições exige o agendamento das visitas pela internet. O público será limitado a 60% da capacidade total de cada museu. Além disso, o uso de máscara é obrigatório e haverá álcool em gel disponível para as pessoas – mas é sempre bom levar o seu próprio.

Atenção: não saia de casa se estiver com sintomas de resfriado e lembre-se de medir a temperatura antes de entrar no carro. Na entrada de cada equipamento cultural haverá um profissional encarregado de fazer essa medição e quem estiver com temperatura igual ou superior a 37,5 graus será orientado a procurar um serviço de saúde.

Durante o percurso dentro dos museus em SP, respeite a distância mínima de 2 metros entre as pessoas. Evite levar mochilas, bolsas muito grandes, alimentos, bebidas ou quaisquer objetos proibidos nas salas de exposição, pois os guarda-volumes estarão desativados.

Confira os museus abertos em SP:

MASP: abre a partir do dia 13 de outubro, com visitação de terça a sexta, das 13h às 19h, e aos sábados e domingos, das 10h às 16h. Os ingressos custam R$45 (inteira) e R$22 (meia-entrada), exceto às terças, quando a entrada é grátis. Compre seu ingresso/agende sua visita obrigatoriamente aqui.

Itaú Cultural: abre a partir do dia 13 de outubro, com visitação de terça a sexta, das 13h às 19h, e aos sábados e domingos, das 10h às 16h. Entrada gratuita, com reserva obrigatória por este site ou pelo telefone (11) 2168-1777 (de segunda-feira a sexta-feira, das 9h às 18h).

Japan House: abre a partir do dia 20 de outubro, de terça a domingo, das 11h às 17h, com entrada grátis, que deve ser obrigatoriamente agendada neste site aqui.

Casa das Rosas: abre dia 14 de outubro, com visitação gratuita de quarta a sábado, das 12h às 16h. Agende sua visita obrigatoriamente por meio deste link aqui.

Centro Cultural Fiesp: abre a partir do dia 15 de outubro, com visitação gratuita de quinta-feira a domingo, das 13h às 17h. Agende obrigatoriamente (em breve) sua visita por meio deste link aqui.

Instituto Moreira Salles: abre no dia 13 de outubro, com visitação de terça a sexta, das 12h às 16h, e aos sábados, domingos e feriados (exceto às segundas), das 13h às 17h. O agendamento obrigatório é feito por este site aqui.

MAM – Museu de Arte Moderna: abre a partir do dia 13 de outubro, com entrada gratuita durante o mês de outubro. A visitação funciona de terça-feira a domingo, das 12h às 17h, com agendamento obrigatório por este site aqui.

Museu Afro Brasil: abre dia 20 de outubro, com funcionamento de terça a sexta, das 11h às 17h (até 30/10). A partir de novembro, o horário será das 10h às 17h. Para mais informações, acesse o site. Os ingressos são R$ 15 (inteira) e R$ 7,50 (meia-entrada), exceto aos sábados, quando a entrada é gratuita.

MIS – Museu da Imagem e do Som: abre dia 16 de outubro, com visitação apenas às sextas, aos sábados e aos domingos, das 12h às 18h. Ingressos para a exposição “John Lennon em Nova York por Bob Gruen” custam R$20 (inteira) e R$10 (meia-entrada) e podem ser comprados/agendados obrigatoriamente aqui.

Museu da Casa Brasileira: abre no dia 16 e outubro, com funcionamento de terça a domingo, das 11h às 15h. Os ingressos custam R$ 15 (inteira) e R$ 7,50 (meia-entrada). Para mais informações, acesse o site.

CCBB SP: abre dia 16 de outubro com a exposição “Egito Antigo: do cotidiano à eternidade”, com funcionamento de quarta a segunda, das 9h às 17h. A entrada é gratuita, mas os ingressos precisam ser reservados neste site.

Farol Santander: abre dia 16 de outubro, com visitação de terça a domingo, das 13h às 17h. Os ingressos custam R$25 (inteira) e R$12,50 (meia-entrada) e podem ser comprados exclusivamente por este site aqui ou no totem presencial (sujeito à nova disponibilidade do espaço).

Pinacoteca do Estado de São Paulo: abre a partir do dia 15 de outubro, com visitação de quarta a segunda, das 14h às 20h, apenas com agendamento obrigatório por este site aqui. Os ingresso para a exposição “OSGEMEOS: segredos” custam R$25 (inteira) e R$12,50 (meia-entrada), exceto aos sábados, quando a entrada é grátis. Clique aqui e saiba tudo sobre a mostra.

Memorial da Resistência: abre dia 15 de outubro, com visitação gratuita, de quarta a segunda, das 12h às 18h. Agende sua visita obrigatoriamente por este site aqui.

Estação Pinacoteca: abre dia 15 de outubro, com visitação gratuita, de quarta a segunda, das 12h às 18h. Agende sua visita obrigatoriamente por este site aqui.

Pateo do Collegio: abre dia 13 de outubro, com visitação de terça a domingo, das 9h às 15h. A entrada será limitada por quantidade de visitantes por horário. Os ingressos custam de R$2 a R$8. Agende sua visita pelo telefone (11) 3105-6899 ou pelo e-mail agendamento@pateodocollegio.com.br.

Museu de Arte Sacra de São Paulo: abre a partir do dia 16 de outubro, com visitação de terça a domingo, das 10h às 15h. Os ingressos são vendidos virtualmente no site da instituição com agendamento prévio. As entradas custam R$6 (inteira) e R$3 (meia-entrada), exceto aos sábados, quando a visita é gratuita.

Museu do Futebol: abre no dia 15 de outubro, com visitação de quinta a domingo, das 13h às 18h, apenas com agendamento obrigatório por este site aqui. Os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada). Crianças até seis anos não pagam.

Memorial da América Latina: abre no dia 13 de outubro, com visitação de segunda a sexta-feira, das 11h às 15h. Nesta primeira etapa, a instituição permite a entrada na Biblioteca Latino-Americana e no Salão de Atos. O controle do público será feito logo na porta, com medição de temperatura e o acesso será de uma pessoa por vez. Na Biblioteca, é a bibliotecária quem buscará o livro na estante. As praças da Sombra e Cívica estarão abertas para circulação, com controle de distanciamento social entre os visitantes.

Casa Guilherme de Almeida: abre a partir do dia 14 de outubro, com visitação gratuita de quarta a sábado, das 12h às 16h. Agende sua visita obrigatoriamente por meio deste site aqui.

Casa Mário de Andrade: abre a partir de 14 de outubro, com visitação grátis de quarta a sábado, das 12h às 16h. Agende sua visita obrigatoriamente aqui.

Museu da Imigração: abre dia 22 de outubro, com visitação de quinta a domingo, das 11h às 17h. Não é preciso fazer agendamento prévio. Os ingressos custam R$10 (inteira) e R$5 (meia-entrada) e são vendidos apenas presencialmente.

Museu Catavento: abre no dia 21 de outubro, com visitação de quarta a domingo, das 10h às 16h. O agendamento (obrigatório) deve ser feito pelos telefones (11) 3246 4067, (11) 3246 4140 ou (11) 3246-4167 (de segunda a sexta-feira das 10h às 16h). Os ingressos (vendidos apenas presencialmente) custam R$10 (inteira) e R$5 (meia-entrada), exceto às quartas, quando a entrada é grátis.

Instituto Tomie Ohtake: abre a partir do dia 17 de outubro, de sexta a domingo, das 12h às 17h. Não será preciso fazer reserva para visitar o espaço. Caso alguma sala exceda o número máximo de público permitido, a equipe do Instituto orienta o visitante a aguardar sua vez de entrar.

Biblioteca de São Paulo (Parque da Juventude) e Biblioteca Villa-Lobos (Parque Villa-Lobos): reabrem a partir do dia 16 de outubro, sendo na primeira semana atendendo 25% da capacidade, das 11h às 15h, passando para a segunda semana com ampliação para 40% e na terceira semana com 60% da capacidade total, das 10h às 16h nestas duas etapas. Os visitantes terão acesso ao catálogo de acervo, empréstimo, devolução e reserva de livros, bem como renovação e novos cadastros. O uso dos computadores também será permitido, seguindo os protocolos de higiene e segurança, assim como as salas de games e de estudos, e serviço de acolhimento, mediante agendamento prévio. As demais programações culturais permanecerão online. Entrada gratuita nas duas unidades.

Oficinas Culturais: reabrem no dia 26 de outubro. Para mais informações, acesse o site.

Fábricas de Cultura: reabrem no dia 27 de outubro. Para mais informações, acesse o site.


#DicaCatraca: sempre lembre de usar a máscara de proteção, andar com álcool em gel e sair de casa somente se necessário! Caso pertença ao grupo de risco ou conviva com alguém que precise de maiores cuidados, evite passeios presenciais. A situação é séria! Vamos nos cuidar para sair desta pandemia o mais rápido possível. Combinado? ❤


Prefere curtir um programinha cultural em casa mesmo? Então se liga nessas dicas:

Agência Fática

Em parceria com Agência Fática

A Fática é uma agência de comunicação especializada em produzir conteúdos sobre cultura em suas diferentes linguagens.