Últimas notícias:

Loading...

RISCO Festival enaltece a produção artística queer latino-americana

Evento acontece na Oficina Cultural Oswald de Andrade, no Studio SP, no Parque Augusta, na Galeria540 e na Cervejaria Tarantino

Por: Redação

A Cidade de São Paulo vai estar tomada por arte queer latino-americana entre os dias 31 de março e 3 de abril! É a terceira edição do RISCO Festival, evento idealizado pela multiartista Natalia Mallo com foco em produções dissidentes, ousadas e desafiadoras.

RISCO Festival
Crédito: IAN/ Agência Kozmos | Emani Edwards | Divulgação/ Canal Aberto Assessoria de Imprensa Evento anima São Paulo entre os dias 31 de março e 3 de abril

Grupos e artistas de vários países, incluindo o Brasil, apresentam trabalhos em vários locais da cidade. Fique de olho na Oficina Cultural Oswald de Andrade, no Studio SP, no Parque Augusta, na Galeria540 e na Cervejaria Tarantino. Ah! E ainda acontecem atrações online!

Quer uma notícia melhor ainda? A programação é praticamente toda gratuita, exceto pela Festa do RISCO Festival, no Studio SP, com a Orquestra Brasileira de Música Jamaicana, programada para sexta, dia 1º de abril, às 21h (compre o ingresso aqui); e o show de encerramento “Katu Mirim e Explode Coração”, que ocorre no domingo, dia 3 de abril, às 15h, na Cervejaria Tarantino, com ingressos a R$25 (compre aqui).

  • O que esperar do RISCO Festival?

Na quinta, dia 31 de março, às 16h, o evento promove o 6º Encontro Internacional de Arte Kuir na Oficina Cultural Oswald de Andrade (Rua Três Rios, 363 – Bom Retiro). Feita em parceria com o coletivo Outburst Americas, a atividade é destinada à comunidade de artistas, pensadores e produtores da arte realizada pela comunidade LGBTQIA+. A ideia é facilitar possibilidades de cocriação.

Participam da ação os integrantes do coletivo Ruth McCarthy (Irlanda do Norte), Lisa Kerner e Violeta Uman (Argentina) e Adylem de Agosto (Uruguai). O grupo apresenta a cartografia de projetos 2016-2021 e lança a publicação “Traduzindo Kuir”.

Juntam-se a esse time a artista e ativista argentina Fifi Real, que apresenta o projeto “Maricoteca.org” e criadores da cena paulistana, como Ali Prando, Ronaldo Serruya, Daniela Biancardi e Angélica Müller.

Na própria quinta, dia 31 de março, às 21h, está previsto o espetáculo “Fifi Tango e Marina Mathey”, na Galeria540 (Rua Mourato Coelho, 540 – Vila Madalena).

O trabalho performático revaloriza a música popular e sensibiliza o público para as realidades vivenciadas pela Dissidência Sexual e de Gênero. Para isso, a cantora transgênero Fifí Real se junta ao maestro Sebastián Sazali no bandoneon e no piano, para apresentar um tango queer.

Carmen, Lolo y Lauti, RISCO Festival
Crédito: Divulgação/ Canal Aberto Assessoria de Imprensa“Carmen”, de Lolo y Lauti, recria a ópera clássica

Sexta-feira, dia 1º de abril, às 18h, é a vez do filme “Carmen”, da dupla argentina Lolo y Lauti. As artistas recriaram a icônica ópera de Bizet com um elenco formado apenas por mulheres trans e drag queens. A exibição acontece na Oficina Cultural Oswald de Andrade.

Depois, às 19h, os interessados podem conferir o Queer Lab, um debate sobre sobre curadoria de arte queer com a presença de Ruth McCarthy, Lisa Kerner e Violeta Uman (FAQ  – Argentina) e Natalia Mallo – (RISCO – Brasil).

No sabadão, dia 2 de abril, às 12h, o Parque Augusta (R. Augusta, 200 – Consolação) sedia uma intervenção urbana com Emani Edwards e o Coletivo Cabaça.

Na ocasião, serão distribuídas pela cidade algumas imagens produzidas pela estilista e ativista da causa trans na Jamaica Emani Edwards. As obras retratam a experiência trans e queer no caribe. O ponto de encontro é a arquibancada do parque. Em caso de chuva, consulte o Instagram @riscofestival.

Mais tarde, às 16h, a Galeria540 recebe o multiartista Ali, que lança seu primeiro álbum, “Glitch”, e o DJ Yaga Goya, que comanda as pick-ups com muita animação. Além disso, a dupla Lolo y Lauti apresenta a performance “iSexy”.

Demais, não? Para conferir a programação online do RISCO Festival, acesse este link aqui.

Confira outros programinhas empoderados:

?>