Roteiro real oficial dos amantes do cinema no Rio de Janeiro

Por: Redação Comunicar erro

Vá lá que o bom do Rio é curtir a vida bem linda ao ar livre, vento na cara, sol na cabeça. Aquela coisa bem romanceada de verão. Mas a cidade tem ainda aquele pessoal que ama entrar numa salinha com ar condicionado e luzes apagadas para curtir um filmão daqueles. Fora que o calor predomina, mas não é eterno – e caem uns chuvões daqueles, bem propícios para um cineminha.

Crédito: Getty ImagesAmantes do cinema, essa é para vocês!

Temos a programação de cineclubes, mostras de cinemas ativas, salas bacanudas fora de shoppings e tudo mais que aparecer sobre o tema na cidade. Pega a pipoca e vamos nessa!


De 17 e 30 de agosto

Brasil
De 15 a 27 de agosto

Cineclube
Até 26 de agosto

Mostra

Mulheres
25 e 26 de agosto


O programa das sessões FICINE no Cinemaison é composto por filmes africanos e afrodiaspóricos disponíveis no catálogo de filmes da Cinemateca. Nesta edição, acontece a projeção de “São eles os cães”, segundo longa metragem do diretor marroquino Hicham Lasri, filme que aborda de forma singular os acontecimentos de 2011 que marcam a eclosão da Primavera Árabe em seu país.

São Eles os Cães (C’est eux les chiens)
2013, Marrocos, 85 minutos
Direção: Hicham Lasri

Sinopse: Após 20 anos passados na cadeia, um prisioneiro político é solto no meio da Primavera Árabe. Uma equipe de TV que fazia uma reportagem sobre os movimentos sociais no Marrocos decide segui-lo na conquista do seu passado.

Onde? Cinemaison – Avenida Presidente Antônio Carlos n°58 – Centro
Quando? Terça, 22 de agosto, de 19h às 22h
Quanto? Catraca Livre

Documenta-se
Filmado em Lagos, “Fela Kuti: Music Is the Weapon” é um documentário com direção de Jean Jaques Flori e Stéphane Tchalgadjieff, que mostra Fela Anikulapo Kuti no auge de sua carreira. Conhecido por ser o criador do afrobeat, gênero musical que funde os ritmos do oeste africano com o jazz norte americano, no filme Fela Kuti nos leva à República de Kalakuta e à notória casa noturna “Shrine”, zona de perigo para o governo nigeriano, intercalando com entrevistas em que expõe seus pensamentos sobre política, pan-africanismo, música e religião, além de verões inéditas de suas músicas como ITT, Army Arrengement e Power Show.

“Fela Kuti: Music Is the Weapon”
1982, 53 minutos
Direção: Jean Jaques Flori e Stéphane Tchalgadjieff

Onde? Documenta-Se Cineclube – Rua Frederico Silva, 86, 7º andar
Quando? Terça, 22 de agosto, de 17h30 às 20h
Quanto? Catraca Livre

Sessão
Uma vez ao mês, a Cinética faz uma sessão no IMS Rio, abrindo mais um espaço de reflexão e apreciação de filmes fora do circuito exibidor tradicional. Além disso, críticos da revista produzem textos especiais para as sessões e mediam um debate após a exibição.

A Sessão Cinética do Instituto Moreira Salles, RJ – IMS Rio de Janeiro exibe o filme “Eu e meu irmão”, de Robert Frank, em cópia 35mm. A sessão será seguida por um debate com os críticos da revista Cinética.

Onde? Instituto Moreira Salles – Rua Marquês de São Vicente, 476 – Gávea
Quando? Quinta, 24 de agosto, às 19h30
Quanto? R$8 (inteira) e R$4 (meia) – vendas na recepção do IMS Rio e no site ingresso.com

David
Algo de estranho se passa por trás das cercas de madeira branca de Lumberton, na Carolina do Norte (EUA). Depois de tropeçar em uma orelha humana atirada no gramado, o estudante universitário Jeffrey Beaumont, obcecado por mistério, está determinado a descobrir o que houve. Trabalhando junto à filha de um policial local, a investigação de Jeffrey o levará a um estranho mundo de sensualidade e violência, onde a intriga da orelha desaparecida parece ter origem na relação entre uma problemática cantora de casa noturna e um sociopata perverso.

“Veludo azul”
EUA, 1986. 120’. Exibição de cópia restaurada em DCP

Onde? Instituto Moreira Salles – Rua Marquês de São Vicente, 476 – Gávea
Quando? Domingo, 27/8, às 17h45; Quartam, 30/8, às 20h
Quanto? R$8 (inteira) e R$4 (meia)

Sessões
Fins de semana e feriados

Cinematerna
1
02:35
Dique Tororó: encontro com a natureza e a ancestralidade de Salvador
O Dique Tororó é um cartão postal com muito potencial para ser ponto de entretenimento para quem viaja a fim …
2
04:04
SP: Calçadão Urbanóide, volta ao mundo sem sair da garagem
Se você for dar um pulo pela região da avenida Paulista com a rua Augusta, não pode deixar de visitar …
3
03:02
Por que todo mundo ama o Jardim Botânico?
O Jardim Botânico de Curitiba é um dos cartões-postais mais visitados da cidade. E por que não do Brasil? A grande …
4
02:23
Casa de Cultura Mário Quintana: lazer para todo mundo em POA
Se você estiver andando pelas ruas do centro histórico de Porto Alegre e der de cara com uma construção de …
5
04:22
Santa Teresa: o charme da boemia carioca
Com casarões dos anos 1940 ainda preservados, suas ruas de paralelepípedo e o famoso bondinho, Santa Teresa nos remete à …
6
03:23
Torre Malakoff e mais 3 lugares incríveis para você curtir em Recife
Quem pensa no Recife e só enxerga praia pode se surpreender ao saber que existe um enorme universo artístico, histórico …
7
04:52
Mira: um mirante com vista incrível e comida boa
Você sabia que o Mirante 9 de Julho agora é MIRA e conta com gestão 100% feminina? Não? Então #Colaí, que …
8
02:08
SP tem rodízio de mini-burgers e milk-shakes fofos
Uma casa especializada em rodízio de mini-burgers e milk-shakes em boias fofas. Fomos visitar a segunda unidade no bairro dos …