Últimas notícias:

Loading...

Celebre a Semana da Língua Portuguesa com atrações grátis

Museu da Língua Portuguesa faz programação online com Tom Zé, Mia Couto, José Eduardo Agualusa, Inês Pedrosa, Maria Bethânia, Linn da Quebrada e mais

Por: Redação
Ouça este conteúdo

Até 07 de maio de 2021

Segunda - Terça - Quarta - Quinta - Sexta

Diversos horários (consulte a programação)

E se você pudesse celebrar a Semana da Língua Portuguesa na companhia virtual de personalidades como Mia Couto, José Eduardo Agualusa, Inês Pedrosa, Tom Zé, Marcelino Freire, Maria Bethânia e Linn da Quebrada? Seria incrível, não?

Semana da Língua Portuguesa
Crédito: @mclinndaquebrada/ Facebook |Wikimedia Commons | @tomze/ Facebook | @inespedrosa.oficial/ Facebook | Companhia das Letras/ divulgação | Garapa - Coletivo MultimídiaNão perca a programação online e gratuita que enaltece a língua portuguesa

Graças ao Museu da Língua Portuguesa, isso vai acontecer. Entre os dias 3 e 5 de maio, estão programados diversos bate-papos e performances relacionados à essa língua tão rica. Você pode conferir as atividades pelo YouTube @MuseudaLínguaPortuguesa. Veja a programação completa aqui.

Mas não é só isso! Para quem está com saudades de dar um rolê com toda a segurança, entre os dias 3 e 7 de maio ocorrem algumas visitas em primeira mão à exposição temporária “Língua Solta”, que marca a reabertura do museu no segundo semestre deste ano.

Na mostra, o público encontra objetos cotidianos, como cartões de visita, e artefatos que flertam com a arte popular e a contemporânea. Todos têm em comum o fato de brincarem com as palavras. A ideia é apresentá-los de maneira embaralhada, gerando reflexões sobre seus múltiplos significados.

Exposição Língua Solta, Semana da Língua Portuguesa
Crédito: Ciete Silvério/ divulgaçãoExposição “Língua Solta” pode ser vista em primeira mão na Semana da Língua Portuguesa

Por conta da pandemia de Covid-19, para participar, é obrigatório reservar o ingresso neste link. Fique ligade: são permitidas apenas 10 pessoas por horário. As entradas são distribuídas em dois lotes: na sexta-feira, dia 30 de abril, ao meio-dia, e na segunda-feira, dia 3 de maio, ao meio-dia.


#DicaCatraca: sempre lembre de usar a máscara de proteção, andar com álcool em gel e sair de casa somente se necessário! Caso pertença ao grupo de risco ou conviva com alguém que precise de maiores cuidados, evite passeios presenciais. A situação é séria! Vamos nos cuidar para sair desta pandemia o mais rápido possível. Combinado? ❤


Prefere aproveitar a data especial em casa? São muitas atividades online! A maior parte delas acontece no dia 5 de maio, quando é celebrado oficialmente o Dia Internacional da Língua Portuguesa.

Um dos destaques é uma performance exclusiva do Tom Zé inspirada na exposição “Língua Solta”. Assista no dia 5, às 17h10. Depois, às 18h, os espectadores assistem a um vídeo de Maria Bethânia lendo o poema “Os Argonautas”, de Fernando Pessoa. É aquele eternizado pelos versos “Navegar é preciso / Viver não é preciso”.

Para debater de que forma a língua portuguesa continua se reinventando, os escritores Mia Couto (Mocambique), José Eduardo Agualusa (Angola) e Inês Pedrosa (Portugal) participam de um bate-papo no dia 5, às 11h, com mediação de Roberto Pinho.

Mais tarde, às 13h, está prevista a live “Bailão das Letras: o funk e a literatura”. Criadores de conteúdo digital desafiam os preconceitos contra o funk e mostram sua relação com o universo literário no dia a dia. Participam da discussão Dayrel Teixeira (Funkeiros Cults), Murilo Lense (Se Poema Fosse Funk) e Jeferson Delgado (Favelabusiness). A mediação é de Andreza Delgado (PerifaCon).

Tem outro encontro poderoso no dia 5, às 15h. Os autores Geovani Martins e Amara Moira juntam-se à pesquisadora e curadora de Literatura Indígena Julie Dorrico para abordar as variedades, influências e resistências expressas nos falares brasileiros. A mediação é do mestre Marcelino Freire.

Para alegrar ainda mais a plateia virtual, ainda é exibido um vídeo de brincadeiras com palavras do Brasil, Cabo Verde e Moçambique em todas as debates.

A Semana da Língua Portuguesa conta até com pré-lançamento de videoclipe! No dia 4, às 19h30, o público vê o vídeo de “Meu Bairro, Minha Língua”, música sobre nossas raízes, heranças culturais e relações históricas. Na sequência, o compositor Vinícius Terra conversa sobre o tema com Dino D’Santiago, Linn da Quebrada e Sara Correia.

Curtiu a programação do Museu da Língua Portuguesa? Essa é só uma pequena amostra do que rola nesse evento tão importante. Fique de olho no Instagram @museudalinguaportuguesa e no Facebook @MuseuDaLinguaPortuguesa para acompanhar as novidades.

Veja outros eventos online: