Sesc EntreDança: protagonismo negro em mais de 70 espetáculos!

Grupos do Rio, de São Paulo, Togo e Moçambique sobem aos palcos nessa edição cheia de representatividade, de 30 de abril a 2 de junho

Por: Redação Comunicar erro
Até
02
de junho 2019
Diversos horários

Um show de representatividade nos palcos fluminenses: de 30 de abril a 2 de junho, o Sesc EntreDança 2019 apresenta o tema “O Corpo Negro” em 75 espetáculos (11 inéditos!), na Região Metropolitana do Rio e Serra. A quarta edição do evento, considerado um dos maiores do país, mostra um conjunto multifacetado de obras criadas e executadas por artistas negros e negras, de diferentes gerações, percursos, estéticas, metodologias, classes, pontos de vista e pertencimentos.

Quem quiser conferir esse super festival paga baratinho no ingresso: de R$ 2,50 e R$ 30 (por espetáculo).

Sesc EntreDança 2019 - Cia Kawin
Sesc EntreDança 2019 apresenta protagonismo dos artistas negros nos palcosLyanaPeck/Divulgação
Sesc EntreDança 2019 - Fuzuezinho
Edição é totalmente dedicado ao corpo negroPaula Eliane/Divulgação
Sesc EntreDança 2019 - GW Cia de Performance
Sesc EntreDança: 75 espetáculos exaltam o corpo negroDanilo Sérgio/Divulgação
Sesc EntreDança 2019 - Laso Cia de Dança
São 11 espetáculos inéditos no Rio!Carolina Liaño/Divulgação
Sesc EntreDança 2019 - Influx Pak Ndjamena
A estreia nacional do espetáculo 'Influx', do moçambicano Pak Ndjamena, é um dos destaques da programaçãoYassmin Santos/Divulgação

Ao todo, 14 companhias – do Rio, de São Paulo, Togo e Moçambique – tomam conta de unidades do Sesc RJ (Copacabana, Ramos, Niterói, Nova Iguaçu e Nova Friburgo), espaços públicos e de parceiros. Locais que integram a cartografia da dança negra na cidade também recebem atividades, entre eles a Casa do Jongo e a Escola Carioca de Danças Negras.

A programação vem recheada! Um dos destaques é a estreia nacional do espetáculo “Influx”, do moçambicano Pak Ndjamena.

Vem sentir um gostinho:

Além das apresentações, o Sesc EntreDança conta ainda com 72 horas de atividades formativas, como oficinas gratuitas (jongo, passinho carioca, danças tradicionais moçambicanas e do oeste da África), debates e intercâmbios entre grupos. Para saber mais e se inscrever, basta enviar um e-mail para entredanca@sescrio.org.br.

Todas as atrações buscam o reconhecimento pleno dos fazeres e moveres destes artistas – no palco e fora dele –, estimulando a construção de novas compreensões sobre os diversos lugares de fala e reivindicações dos mesmos.

Confira tudo o que vai rolar e bora entrar nessa dança!