Setembro Azul: Museus-Casas Literários têm programação em Libras

Debates, encontro de poesia, exibição de filme e oficina de Libras integram a programação

Por: casa das rosas Comunicar erro
Até
27
de setembro 2018
Segunda - Quarta - Quinta - Domingo
Diversos horários; confira abaixo

No mês dedicado à valorização da cultura surda, a Casa das Rosas, a Casa Guilherme de Almeida e a Casa Mário de Andrade realizam uma série de atividades gratuitas para discutir o tema. O Setembro Azul busca conscientizar a sociedade sobre a importância de ações que promovam o acesso à cultura para a comunidade surda – no Brasil há cerca de 9,7 milhões de surdos, de acordo com o Censo de 2010 realizado pelo IBGE.

As ações acontecem entre os dias 23 e 27 de setembro e contam traduções Português-Libras e Libras-Português.

Setembro Azul
O evento promove a valorização da cultura surda

Você sabia?

Setembro é um mês repleto de datas significativas, que refletem a história de lutas e conquistas dos surdos. O dia 21 é o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência, seguido do Dia Nacional do Surdo e aniversário do Instituto Nacional de Educação de Surdos (INES), 26; e também do Dia Internacional do Surdo, 30. O azul é uma cor emblemática, pois, durante a Segunda Guerra Mundial, identificava as pessoas com deficiência – dentre elas os surdos. Os nazistas as obrigavam a usarem uma faixa de cor azul fixada no braço, para serem marcadas e mortas. Dessa forma, o azul turquesa foi ressignificado e escolhido, por ser uma cor viva e representar o orgulho de ser surdo.

Museus-Casas Literários SP
Crédito: DivulgaçãoCasa das Rosas, Casa Guilherme de Almeida e Casa Mário de Andrade recebem programação especial

Confira todos os detalhes da programação:

Abrindo o Setembro Azul, no domingo (23), das 15h às 17h, a Casa das Rosas convida o público para um encontro potente de poesia, organizado pelo Coletivo Corposinalizante. A proposta do Slam do Corpo é reunir a comunidade surda e os grupos envolvidos e interessados nos saraus, para uma experiência poética em Libras.

Já na terça-feira (25), das 19h30 às 21h, será a vez do público debater durante a mesa-redonda Acessibilidade: educadoras surdas em museus. A ideia é refletir sobre o impacto positivo da presença de pessoas surdas em equipes formadoras nesses espaços tem. A acessibilidade proporciona experiências muito ricas para as instituições, para a comunidade surda e para o público visitante. Isadora Borges, Priscila Souza e Sabrina Ribeiro irão comandar esse bate-papo.

A Casa Guilherme de Almeida organizou o Setembro Azul: exibição de filme e roda de conversa no Dia Nacional do Surdo, na quarta-feira (26), das 15h às 17h30. Família Bélier (2014), de Eric Lartigau, narra o cotidiano de uma família de surdos e da filha adolescente ouvinte, que atua como tradutora da língua de sinais nos afazeres da fazenda. A história se desenrola e a menina passa a acalentar o sonho de estudar em uma prestigiosa escola de canto em Paris. Após a exibição, a educadora surda Isadora Borges mediará o bate-papo, para discutir sobre o filme e sobre a convivência entre surdos e ouvintes. São oferecidas 40 vagas para a atividade, que precisa de inscrições.

E por fim, a Casa Mário de Andrade realizará na quinta-feira (27), das 14h30 às 18h30, a oficina Acessibilidade em surdez, que será dividida em duas partes: uma teórica e outra prática. No primeiro momento, coordenado pelo professor de Libras ouvinte Rubens Gomes, os participantes entrarão em contato com temas relacionados à comunidade, à cultura e à identidade surdas, bem como com a história de Libras. No segundo, o professor surdo Eduardo Sabanovaite fará exercícios com alguns sinais, incluindo números, saudações e um vocabulário básico para comunicação entre surdos e ouvintes. Também são oferecidas 40 vagas para a atividade, que necessita de inscrições.


Mais informações:

Casa das Rosas – Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura
Avenida Paulista, 37 – Paraíso – São Paulo (próximo à estação Brigadeiro do metrô)
Telefone: (11) 3285-6986 | 3288-9447
Funcionamento: de terça-feira a sábado, das 10h às 22h, e aos domingos e feriados, das 10h às 18h
Convênio com o estacionamento Parkimetro: Alameda Santos, 74 (exceto domingos e feriados)
www.casadasrosas.org.br

Casa Guilherme de Almeida
Museu: Rua Macapá, 187 – Perdizes – São Paulo
Anexo: Rua Cardoso de Almeida, 1943 – Perdizes
Telefone: (11) 3673-1883 | 3672-1391
Funcionamento: de terça-feira a domingo, das 10h às 18h
www.casaguilhermedealmeida.org.br

Casa Mário de Andrade
Rua Lopes Chaves, 546 – Barra Funda – São Paulo
Telefone: (11) 3666-5803 | 3826-4085
Funcionamento: de terça-feira a sábado, das 10h às 18h
www.casamariodeandrade.org.br