Últimas notícias:

Loading...

Vai rolar muita poesia e representatividade no SLAM BR 2021 🎤

Evento online tem campeonato de poesia falada, bate-papo, oficinas e até sessão de cinema. E o melhor: é tudo grátis!

Ouça este conteúdo

Até 07 de março de 2021

Todos os dias

Diversos horários (consulte a programação abaixo)

Recursos de acessibilidade para pessoas com deficiência não informados

Com muita rima, lirismo e conhecimento, poetas de vários cantos do país se enfrentam na edição online do SLAM BR 2021 – Campeonato Brasileiro de Poesia Falada. Além da disputa, o evento ainda tem bate-papo, oficinas e até sessão de cinema… Tudo de graça!

SLAM BR 2021 - Roberta Estrela D'Alva
Crédito: Sergio SilvaRoberta Estrela D’Alva é diretora e idealizadora do SLAM BR 2021

A competição acontece entre os dias 4 e 7 de março e você acompanha toda essa programação incrível pelo Youtube e pelo Facebook.

Criada pelo Núcleo Bartolomeu de Depoimentos e pela atriz e MC Roberta Estrela D’Alva, responsável por popularizar o slam no país, a competição convida todos os campeões e campeãs das seis edições anteriores do evento, do SLAM SP e do ZAP Slam para mostrar ao público seu talento em duelos disputadíssimos.

SLAM BR
Crédito: Divulgação10 talentoses poetas batalham no SLAM BR 2021

Entre os competidores estão João Paiva, Lucas Afonso, Luz Ribeiro, Bel Puã, Pieta Poeta, Kimani, Jessica Campos, Emerson Alcalde, Lews Barbosa e Fabio Boca. Muitas dessas feras também representaram o Brasil na última edição da Copa do Mundo de Slam, na França.

As batalhas eliminatórias ocorrem nos dias 5 e 6 de março, às 19h, via Zoom, e a grande final está marcada para o dia 7, no mesmo horário. E o público pode interagir via chat. Para mais notícias, basta ficar ligade no Facebook do evento.

Atividades paralelas

A programação do SLAM BR 2021 está recheada de outras atividades gratuitas, que são transmitidas pelas redes sociais do Núcleo Bartolomeu de Depoimentos. Na quinta-feira, dia 4, às 21h, rola uma aula mega especial com o escritor pernambucano Marcelino Freire, que fala sobre sua trajetória e dá algumas boas dicas de escrita.

Outro destaque é um papo com o poeta trans Tom Grito no sábado, dia 6, às 16h30. Ele discute os caminhos do slam dentro da comunidade LGBTQIA+ e o abrasileiramento do termo “queer” para “cuír”.

Marcelino Freire
Crédito: Mário Miranda FilhoO escritor Marcelino Freire dá uma aula de escrita no SLAM BR 2021

Já no domingo, dia 7, às 16h30, tem sessão do filme “Slam: Voz de Levante”, seguida por um bate-papo com as diretoras Tatiana Lohmann e Roberta Estrela D’Alva. O título retrata diversas cenas dos poetry slams pelo mundo, em cidades como Chicago e Nova York, nos EUA; Paris, na França; e Rio de Janeiro e São Paulo, no Brasil.

O SLAM BR 2021 ainda prevê quatro oficinas incríveis: “Slam e Performance”, com Roberta Estrela D’Alva, no dia 4; “Slam e escrita”, com Claudia Schapira, no dia 5; “Slam e expressão corporal”, com Luaa Gabanini, no dia 6; “Contextos sociais e políticos do poetry slam”, com Eugênio Lima, no dia 7. Acompanhe as redes do Núcleo Bartolomeu de Depoimentos para saber mais detalhes sobre as atividades.

Ei, vai embora não! Dá uma olhada nestas outras dicas:

 

 

Agência Fática

Em parceria com Agência Fática

A Fática é uma agência de comunicação especializada em produzir conteúdos sobre cultura em suas diferentes linguagens.

Compartilhe: