CORONAVÍRUS
Tudo o que você precisa saberÚltimas notícias e tudo que você precisa saber

SPCinePlay: a plataforma gratuita de filmes de festivais

Catálogo está abastecido com filmes de festivais e nacionais, além de conversas com Fernanda Montenegro, Angela Davis, Mia Couto e outros!

Por: Redação

São muitas as plataformas de streaming e não dá para assinar todas, certo? Por isso, a Agenda Catraca Livre pensou em uma dica GRATUITA! A SPCinePlay oferece um acervo diferenciado, focado em grandes festivais e filmes brasileiros. CÉ só clicar aqui para acessar.

Vários filmes incríveis estão disponíveis no SPCinePlay!
Crédito: DivulgaçãoVários filmes incríveis estão disponíveis no SPCinePlay!

No catálogo, há opções para cinéfilo nenhum colocar defeito. Que tal explorar aqueles clássicos nacionais que você não costuma encontrar em outras plataformas?

“São Bernardo”, de Leon Hirszman, foi lançado em 1972 e é uma adaptação do livro homônimo de Graciliano Ramos. O filme acompanha a trajetória de Paulo Honório, um modesto caixeiro-viajante que enriquece, compra uma fazenda e contrata casamento com Madalena, a professora da cidade. O conflito se estabelece quando Madalena não aceita ser tratada como propriedade. A trilha sonora é de ninguém menos que Caetano Veloso!

São Bernardo na SPCinePlay
Crédito: Reprodução“São Bernardo”, de Leon Hirszman, é um dos destaques da SPCineplay

Também tem uma história policial direto de 1983. Em “A Próxima Vítima”, de João Batista de Andrade, prostitutas de um bairro paulistano são assassinadas por um maníaco, e um repórter de TV decide investigar o caso.

Importantes diretoras também estão representadas na plataforma. Fica a dica: há obras de Tata Amaral, como “Um Céu de Estrelas” (1996), Lucia Murat e Helena Ignez. Mas não deixe de assistir aos filmes de Hector Babenco e do Zé do Caixão.

Outro diferencial da SPCinePlay são os bate-papos com nomes como Fernanda Montenegro, Angela Davis e Mia Couto. Essas conversas são frutos de eventos que aconteceram na cidade de São Paulo.

Não perca os filmes de festivais!

Para quem quiser conferir alguns destaques da Mostra Internacional de Cinema, existe uma seção dedicada ao evento. E o mais legal é que você encontra produções de países diferentes, como Ucrânia, Holanda, Rússia, Taiwan e Islândia.

Uma dica é assistir ao francês “O Pequeno Quinquin”, de 2014. Dirigido por Bruno Dummont, o longa é uma comédia e conta uma história misteriosa. Uma vaca foi morta, preenchida com restos humanos e deixada em um galpão abandonado após a Segunda Guerra Mundial. Enquanto o capitão da polícia e seu parceiro tentam resolver o caso, são perseguidos por Quinquin, um jovem que adora criar confusões com seus amigos.

Os documentários são outra sensação da SPCinePlay. Para os amantes de música, alguns achados do In Edit estão na plataforma. Separe um tempinho para assistir “Cartola Música Para os Olhos” (2006), de Hilton Lacerda e Lírio Ferreira, “Filhos de João, O Admirável Mundo Novo Baiano” (2009), de Henrique Dantas, ou mesmo “São Paulo em Hi-Fi” (2013), filme de Lufe Steffen sobre a evolução da cena gay na cidade, até ela se tornar palco da maior parada LGBT do país.

O festival “É Tudo Verdade” garante seu espaço na plataforma, inclusive com conteúdo da edição de 2020, que teve uma prévia online por conta da quarentena.

“Mexeu com Uma, Mexeu com Todas”, de Sandra Werneck, é um desses casos. A produção de 2017 é um grito de protesto das mulheres que tomaram conta das ruas no Brasil e se organizaram em redes sociais para fazer frente ao machismo e ao conservadorismo. Por meio de depoimentos de mulheres que passaram por situações de violência, o documentário revela que, apesar de conquistas legais, a mulher permanece em situação de vulnerabilidade.

Diversas seleções dos melhores curtas do Festival do Minuto também estão disponíveis. É a chance de ver algo mais experimental e super poético. Tem muitos filmes para explorar!

Se precisar de mais dicas de como se entreter na quarentena, veja aqui.