Theatro Municipal recebe espetáculos incríveis por apenas R$ 5

Terceira edição do projeto 'Teatro no Municipal' apresenta releitura da obra de Chico Buarque, 'Gota D'água'

Por: Redação | Comunicar erro
29
de julho 2019
Às 19h

PEGA ESSA NOTÍCIA, BRASIL! O Theatro Municipal de São Paulo tá com um novo projeto, em que toda última segunda-feira do mês vai rolar uma peça de teatro com precinho acessível pra mó da gente assistir!

A terceira edição do “Teatro no Municipal“, como eles estão chamando o projeto, recebe o espetáculo “Gota D´Água {Preta}“, releitura de Gota D´Água, escrita por Chico Buarque e Paulo Pontes, com Juçara Marçal estrelando e Jé Oliveira estrelando e dirigindo.

Crédito: Sergio Silva/Ponte JornalismoInspirado no espetáculo escrito por Chico Buarque, Gota D’água {Preta} é a próxima apresentação do Teatro no Municipal

Ainda no elenco temos: Aysha Nascimento, Ícaro Rodrigues, Jé Oliveira, Marina Esteves, Martinha Soares, Mateus Sousa, Rodrigo Mercadante e Sérgio Pires.

Nos efeitos sonoros ao vivo, quem domina é o DJ Tano (pickups e bases), Fernando Alabê (percussão), Gabriel Longhitano (guitarra, violão, cavaco e voz) e Suka Figueiredo (sax).

MUSEU AFRO BRASIL CELEBRA HISTÓRIA E ARTE AFRO-BRASILEIRA

A peça “Gota D´Água {Preta}” fala sobre Joana (Juçara Marçal), mulher madura, sofrida, moradora de um conjunto habitacional e prestes a ser despejada com os dois filhos.

Jasão (Jé Oliveira), seu ex-marido, é um jovem vigoroso, sambista e famoso. Agora é noivo de Alma, filha de Creonte, corruptor por excelência e detentor do poder econômico.

Por meio da metáfora de uma traição conjugal, a obra reflete sobre e realça a discussão racial, social e de classes – com base no atual momento político do país – diante do golpe desferido por Creonte e Jasão contra Joana (o povo).

Um curioso fato nesta versão, é que na maior parte do tempo, o ponto de vista de Jasão é privilegiado em detrimento do de Joana, até então tida como protagonista absoluta.

Crédito: Sergio Silva/Ponte JornalismoGota D’Água {Preta} conta com um elenco predominantemente negro, embalado por instrumentos de percussão africana e elementos eletrônicos do hip-hop ao vivo

Originalmente escrito por Chico Buarque e Paulo Pontes, o musical Gota d’Água é inspirado na tragédia grega Medeia e rendeu um desempenho antológico de Bibi Ferreira na montagem original, em 1975.

Georgette Fadel, Cleide Queiroz, Izabella Bicalho e Laila Garin foram outras atrizes dedicadas à personagem Joana (que nesta adaptação é interpretada por Juçara) em releituras de características distintas.

Demais, né? “Gota D´Água {Preta}” tem sessão única pelo projeto “Teatro no Municipal“, no próximo dia 29 de julho, às 19h. O ingresso custa só R$ 5 para qualquer setor, então clica aqui e garanta o seu, porque é CERTEZA que vai esgotar logo, logo!

Pra antes ou depois da peça

Nada de Vila Madá ou Paulista, nesta lista o happy hour é 100% em izakayas, os famosos bares e botecos orientais ali na Liberdade