Trilha guiada leva aventureiros ao Costão de Itacoatiara

É a chance de conhecer uma formação rochosa com 217 metros de altitude e vista privilegiada para o mar

Por: Francisco de Assis
16
de setembro 2018
A partir das 8h

O Grupo Eco Trilhas promove uma caminhada por trilha até o Costão de Itacoatiara, localizado na Praia de Itacoatiara, Região Oceânica de Niterói. O grupo deve se mover junto do Rio de Janeiro até a cidade para fazer esta caminhada leve 1h50 minutos. O passeio acontece no domingo, dia 16, com ponto de encontro no saguão da Central do Brasil, às 8h. Quem quiser chegar às 9h45 pode encontrar o grupo na entrada de Itacoatiara – próximo à guarita policial.

A trilha custa de R$ 20 a R$ 25 – para pagamento antecipado, basta  confirmar o depósito por mensagem e levar comprovante no dia da caminhada (mais informações abaixo).

Costão de Itacoatiara
Crédito: Francisco de Assis mendesCostão de Itacoatiara

O Parque Estadual da Serra da Tiririca é uma importante área de preservação ambiental, com uma extensão total em torno de 3.493 hectares, abrangendo partes dos municípios de Niterói e Maricá e composto por uma parte marinha e outra terrestre, com uma cadeia de montanhas que adentra o continente. Inclui ainda três lotes adjacentes à serra e que fazem parte da área natural protegida do Parque: Morro das Andorinhas, Núcleo Restinga e Duna de Itaipu, situadas em Itaipu, na região oceânica de Niterói.

O Costão tem 217 metros de altura e a distância a ser percorrida é de 1000m da sede do INEA até o cume do Costão.
Há um pequeno trecho de trilha íngreme dentro da mata, depois uma bifurcação onde você opta pelas trilhas que vão até a Pedra do Elefante, Enseada do Bananal e Costão, para aí então começar a subida na rocha do costão.

Chegando ao topo a vista é recompensadora, um visual incrível, que jus a toda sua fama! De lá, é possível ver quase todas as praias da Região Oceânica de Niterói, como Copacabana, Pedra da Gávea, Morro da Urca e Corcovado. Já do outro lado, a vista para o Município de Maricá não deixa nada a desejar, com 46 km de praias, seis lagoas, cachoeiras, rios, trilhas, serras e muita natureza.

O local também é uma ótima opção para os mais aventureiros, pois tem muitas vias para escaladas do lado Oeste.

Como chegar saindo do Rio de Janeiro?

Carro: saindo do Centro do Rio, pegar a Ponte Rio-Niterói e sempre seguir as placas de Região Oceânica. O percurso do Centro de Niterói até a Praia de Itacoatiara leva 45 minutos, sem trânsito.

Ônibus: pegar o 770D (Candelária – Itaipu) da Viação Pendotiba e descer na entrada de Itacoatiara, no ponto perto de e a uma guarita policial. Desse ponto você pode ir andando até a praia, uns 10 minutinhos caminhando.

Barcas e ônibus: na Praça XV, pregar uma barca sentido Niterói. Quando chegar lá pegar o ônibus 38 (Centro – Itaipu) no terminal que fica do lado da estação das barcas. O 38 te deixa no mesmo lugar do 770D.

  • O que levar:

2 litros de água
Lanchinho básico
Óculos escuros, chapéu ou boné, repelente e protetor solar
Calçado adequado para caminhada
Saco de lixo
Roupa de banho
Remédios de uso pessoal/
Toalha de mão

  • Informações e inscrições 

Francisco de Assis (Guia de Turismo)
Contatos: WhatsApp (21) 98606-5174 e (21) 99224-2368 | E-mail ecotrilhaspasseios@gmail.com

Robson de Oliveira Francisco (Guia de Turismo)
Contatos: Whatsapp (21) 96652-4707 | E-mail : robson.oliveirafrancisco@yahoo.com.br

Observações

Para identificação, o guia estarão com a camisa do grupo e com crachá de identificação do Ministério do Turismo.
Em caso de chuvas fortes, o evento será adiado. Despesas de transportes , bebidas e outras não estão inclusas.


Por: Francisco de Assis

Guia de Turismo, , especializado em atrativos naturais e culturais, biólogo,cursos na área ambiental pedagógica e cultural, atua em turismo rural, natural ,cultural, etc...

Termos da rede:

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário chico de Assis da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.

1
Ópera do Arame: símbolo emblemático de Curitiba
Entre lagos, vegetação típica e cascatas, numa paisagem singular, está a Ópera do Arame. Colaí que eu vou te contar porque …
2
Cisne Branco: Espaço cultural flutuante em Porto Alegre
Verdadeiro ícone de Porto Alegre, o barco Cisne Branco é referência quando se fala de rolê flutuante! Colaí pra navegar nessas …
3
As obras de Niemeyer espalhadas por BH
Você sabia que há várias obras de Niemeyer espalhadas por BH? Colaí que eu vou mostrar pra você!
4
Poço da Panela: um roteiro imperdível e relax no Recife
Pensando em roteiros diferentes e alternativos para curtir o Recife? Que tal conhecer o histórico bairro do Poço da Panela? …
5
O melhor acarajé de BH é na Feira Hippie
A Feira Hippie é a maior feira da América Latina! Lá você encontra de tudo, inclusive, o melhor acarajé de …
6
Um pulo na ponta do Humaitá e no Forte de Monte Serrat, em Salvador
Um dos lugares mais charmosos de Salvador, com privilegiada vista da Baía de Todos os Santos e um pôr de …
7
Teatro Oficina Uzyna Uzona: patrimônio vivo em SP
Que tal conhecer o grupo de teatro mais antigo e em atividade do Brasil? Sessentona, a Companhia Teatro Oficina Uzyna Uzona …
8
Confeitaria Colombo: gastronomia certa no Rio de Janeiro
Um combo perfeito de arquitetura, decoração e gastronomia, tem um nome: Confeitaria Colombo. Colaí que vamos te mostrar este rolé inesquecível!