Últimas notícias:

Loading...

Trilogia Viagens Extraordinárias adapta obras de Júlio Verne

Cia. Solas de Vento encena espetáculos ‘A Volta ao Mundo em 80 Dias’, ‘Viagem ao Centro da Terra’ e ‘20 Mil Léguas Submarinas’ no CCBB São Paulo

Ouça este conteúdo

Atenção: segundo decreto do Governo do Estado, entre 6 e 19 de março SP entra na fase vermelha, suspendendo eventos culturais e outros serviços não essenciais. Leia mais aqui.

Os livros fantásticos do francês Júlio Verne (1828-1905) encantaram a criançada de várias gerações. E agora três dos clássicos mais conhecidos do escritor ganharam adaptações teatrais incríveis na Trilogia Viagens Extraordinárias, da premiada Cia. Solas de Vento.

Trilogia Viagens Extraordinárias - Júlio Verne - 20 mil léguas submarinas
Crédito: Mariana Chama - divulgação“20 Mil Léguas Submarinas” é a terceira parte da trilogia Viagens Extraordinárias

Os espetáculos podem ser conferidos até 11 de abril (veja a programação abaixo) no teatro do CCBB São Paulo, que adota todos os cuidados para preservar a sua segurança. Para garantir seu ingresso, é preciso comprá-lo neste link aqui por até R$30 para cada peça.

Considerado por muitos críticos literários como o inventor da ficção científica, Júlio Verne antecipou em suas obras futuristas e cheia de fantasia a invenção de várias tecnologias, como o submarino, a televisão, as naves espaciais e até o fax. Além disso, durante muito tempo ele foi considerado um dos escritores mais influentes e traduzidos do mundo todo.

Na trilogia, a Cia. Solas de Vento – fundada pelos atores e diretores Bruno Rudolf e Ricardo Rodrigues em 2007 – adapta três das obras-primas de Verne com uma aproximação da linguagem circense e muito bom humor.

Trilogia de Júlio Verne

Com direção de Álvaro Assad, “20 Mil Léguas Submarinas” é inspirada no romance homônimo de Verne, escrito em 1869, e conta a história do submarino Náutilos, comandado e construído pelo engenhoso Capitão Nemo.

Viagens Extraordinárias - Júlio Verne
Crédito: Mariana Chama - divulgaçãoA peça é inspirada na obra escrita por Júlio Verne em 1869!

Náutilos, desenvolvido com tecnologias avançadas e movido à eletricidade, provoca acidentes com outras embarcações e é caçado e temido como se fosse um monstro marinho. Já o Capitão Nemo e sua tripulação, que cortaram qualquer relação com a humanidade, vivem apenas com o que mar lhes oferece.

Cheio de projeções em vídeo para criar essa atmosfera fantástica, o espetáculo encerra a trilogia de peças inspiradas em obras de Júlio Verne e é o trabalho mais recente da Cia. Solas de Vento. A montagem pode ser conferida até 11 de abril, aos sábados e domingos, às 15h.

Ao redor do globo

A primeira peça da trilogia é “Volta ao Mundo em 80 Dias”, que foi criada em 2011 e ganhou o prêmio APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte) naquele ano. Nessa nova temporada, a peça pode ser conferida entre 20 de fevereiro e 13 de março, aos sábados, às 11h.

Volta ao Mundo em 80 Dias
Crédito: Mariana Chama - divulgação“Volta ao Mundo em 80 Dias” é a primeira parte da trilogia e foi premiada em 2011

Dirigida por Carla Candiotto, a montagem narra a extraordinária aventura do criativo Mr. Fog e de seu criado Passepartout, que embarcam em uma viagem ao redor do planeta durante 80 dias.

Ao longo da jornada, eles são surpreendidos pelo misterioso Mr. Fix, que tenta boicotar os planos deles de diferentes maneiras. Os aventureiros precisam correr contra o tempo e se livrar das armadilhas que encontram ao passar por países como Índia, China, Egito, Japão e Estados Unidos.

No centro da Terra

Já o espetáculo “Viagem ao Centro da Terra”, que estreou em 2015 e tem direção de Eric Nowinski, fica em cartaz de 20 de março a 10 de abril, com apresentações aos sábados, às 11h.

Crédito: Mariana Chama - divulgação“Viagem ao Centro da Terra” tem muitas projeções de vídeo e acrobacias circenses

Essa grande aventura a partir da obra de Júlio Verne é encenada com técnicas do teatro físico, câmeras com projeção ao vivo e movimentos acrobáticos. Na trama, o curioso professor de geologia Otto Lindenbrock e seu sobrinho Axel descem no centro de um vulcão na Islândia para descobrir o que há no núcleo do globo.

Eles são auxiliados por Hans, um divertido guia Islandês, que os protege de perigos do mundo subterrâneo, como dinossauros, erupções e até tempestades misteriosas. As descobertas desses aventureiros vão transformar para sempre a vida deles.

Garanta a sua segurança!

Assim como todos os espaços que reabriram durante a pandemia, o CCBB São Paulo segue vários protocolos para a visitação que precisam ser respeitados. O uso de máscara é obrigatório para todes, e, antes de entrar no espaço, você terá sua temperatura aferida. Além disso, o centro cultural disponibiliza álcool em gel em vários cantos do edifício e o teatro tem capacidade bastante reduzida. Confira mais detalhes aqui.


#DicaCatraca: sempre lembre de usar a máscara de proteção, andar com álcool em gel e sair de casa somente se necessário! Caso pertença ao grupo de risco ou conviva com alguém que precise de maiores cuidados, evite passeios presenciais. A situação é séria! Vamos nos cuidar para sair desta pandemia o mais rápido possível. Combinado? ❤


Que tal estas outras dicas para curtir com a família?

Agência Fática

Em parceria com Agência Fática

A Fática é uma agência de comunicação especializada em produzir conteúdos sobre cultura em suas diferentes linguagens.

Compartilhe: