Últimas notícias:

Loading...

‘Uma Rua Como Aquela’ homenageia Gilberto Dimenstein e inaugura geladoteca em Pinheiros

Projeto de revitalização urbana transformou a rua Paulo Gontijo de Carvalho com mais árvores, graffiti e agora livros!

Por: Redação

20 de maio de 2022

das 15h às 16h

Recursos de acessibilidade para pessoas com deficiência não informados pelo próprio organizador do evento

Grátis

O premiado jornalista Gilberto Dimenstein (1956-2020), fundador da Catraca Livre, ganha uma singela homenagem do projeto “Uma Rua como Aquela”, que transformou a rua Paulo Gontijo de Carvalho, em Pinheiros. O antigo beco abandonado tornou-se um lugar cheio de árvores e graffiti.

Além de resgatar o legado deixado pelo saudoso comunicador, a iniciativa inaugura sua “geladoteca” (uma biblioteca dentro de uma carcaça de geladeira) no dia 20 de maio, das 15h às 16h, na própria rua, em frente ao número 95. E você está mais do que convidado(a) a exercer sua cidadania doando livros.

Uma Rua Como Aquela - Gilberto Dimenstein
Crédito: Marina Moreira - @umaruacomoaquela/Instagram - reproduçãoO pensamento de Gilberto Dimenstein inspirou o projeto “Uma Rua como Aquela” a transformar um espaço público abandonado em um lugar para convivência

Criada no início dos anos 2000, a iniciativa “Uma Rua como Aquela” surgiu dentro de uma empresa que tinha sua sede na rua Paulo Gontijo de Carvalho quando o lugar ainda era praticamente um lixão a céu aberto.

Um grupo de colaboradores passou a se inspirar nas experiências da Associação Cidade Escola Aprendiz, criada por Dimenstein, e nas próprias ideias do jornalista sobre cidadania, ocupação do espaço público e comunicação para o desenvolvimento.

O projeto começou a cuidar da zeladoria e da ocupação cultural da rua, com auxílio de outras empresas e do poder público. Desde então, a comunidade passou a se responsabilizar pela manutenção e melhoria do local.

Atualmente, a missão do “Uma Rua Como Aquela” é buscar a “reabilitação de espaços públicos com objetivo de promover a socialização, a troca de conhecimentos e permitir a livre expressão”.

Recentemente, Gilberto foi homenageado com a criação de um mural, feito com lambe-lambe pelos artistas Olavo Costa e  Caio Remo, no qual pode-se ler uma das frases que resume seu pensamento: “Cidadania é o direito de ter uma ideia e poder expressá-la”.

Curtiu? Veja estes outros rolês bem diversos para aproveitar ao máximo a vida cultural de SP:

?>