Grupo apresenta Noite de Reis, de William Shakespeare, em SP

Projeto Noite de Reis, Um Elogio à Diversidade, contemplado pela 7ª Edição do Prêmio Zé Renato de Teatro, é composto por apresentações do espetáculo Noite de Reis, oficinas e encontros com o público.
Até
10
de março 2019
Sexta - Sábado - Domingo
Sextas e sábados, às 21h
somingos às 19h

facebook: www.facebook.com

Por: Redação | Comunicar erro

Noite de Reis, peça de William Shakespeare que marca a primeira montagem profissional do Grupo Pandemônio em Cena, reestreia sexta-feira, dia 15 de fevereiro, às 21h, no Teatro Cacilda Becker. O enredo da peça tem como base o travestimento da protagonista, Viola em Cesário, cujo disfarce será alavanca de uma série de reviravoltas amorosas que, além de bem humorados, causam uma reflexão sobre os modelos femininos e masculinos socialmente aceitos, aspecto ressaltado pelo grupo. O grupo usa o texto do dramaturgo inglês para dialogar sobre a urgência de encontrar o outro apesar das diferenças. Na encenação, o grupo também trabalha utilizando o recurso das máscaras, em que tem se especializado.

Crédito: DivulgaçãoProjeto Noite de Reis, Um Elogio à Diversidade, contemplado pela 7ª Edição do Prêmio Zé Renato de Teatro, é composto por apresentações do espetáculo Noite de Reis, oficinas e encontros com o público.

Em parceria com a Chave VilaMundo, o teatro oferece ingressos inteiros 2×1 na compra realizada na bilheteria com o cupom de desconto. Pegue o seu cupom aqui.

O texto de William Shakespeare conta uma história sobre pessoas que são incapazes de se ver ou ouvir, já que estão mergulhadas nos seus profundos desejos individuais. A partir dessa premissa, o Grupo Pandemônio em Cena propõe uma encenação musical e popular, onde as cores, sons e gestos contribuam para tornar vivo o texto shakespeariano e acessível para todas pessoas de diferentes idades, gêneros e classe social.  “Convidamos o público a refletir sobre o amor festivo, sensitivo e instintivo como forma de união, de tolerância à diversidade, um antídoto à violência”, diz Rodrigo Veloso, diretor da peça, que também assina a tradução do texto.

Além da encenação do espetáculo, o projeto Noite de Reis, Um Elogio à Diversidade, também é composto por encontros dos artistas com jovens estudantes e professores da rede pública de ensino. Ao todo, serão doze apresentações no Teatro Cacilda Becker, quatro apresentações em CEUs e quatro ocupações intituladas Ocupação Noite de Reis, da aurora ao entardecer, com oficinas, apresentações do espetáculo e um jantar coletivo com o público.

A ocupação acontecerá em quatro espaços diferentes: a sede do CITA na zona sul, sede do grupo Dolores Mecatrônica das Artes, na zona leste, sede do grupo Pandora de teatro, na zona oeste, e Casa de Cultura Vila Guilherme, na zona norte.

sh

Compartilhe:

Tags: #curso de teatro #peça de teatro #Teatro #Teatro Cacilda Becker
Autor: Por: Redação