Jean William e Monsenhor Marco Frisina apresentam concerto sacro

Por: Redação Comunicar erro

O Colégio São Luís e a Catedral Metropolitana de Campinas, em São Paulo, serão palcos de dois concertos sacro, este mês de março. O tenor Jean William e o compositor e chefe de música do Vaticano, Monsenhor Marco Frisina, apresentam, às 20h, as obras do compositor, dia 16 de março, no colégio São Luís, e dia 22, na Catedral de Campinas. A apresentação é gratuita.

Crédito: Divulgação/ Jeam WilliamConcerto levará ao público as obras de Frisina na voz do tenor e de um coral com 150 vozes

“Esse concerto é uma grande alegria por dois motivos: primeiro, porque o Marco Frisina é um músico importante no cenário da música sacra Mundial, e segundo, porque vai me relembrar o hino da Jornada da Juventude ( composição de Frisina) que eu cantei para o Papa Francisco em 2013, em sua primeira visita ao Brasil”, diz Jean William.

O concerto levará ao público as obras de Frisina na voz do tenor e de um coral com 150 vozes. “A presença do Monsenhor só foi possível graças ao grande esforço do organista do Pateo do Collegio e diretor do departamento de música do São Luiz, Felipe Bernardo. Estou muito empolgado e certo que serão dois grandes concertos”, comenta o tenor.

Formado em música pela ECA-USP, ainda estudante participou dos mais importantes festivais do Brasil, entre eles o Festival Internacional de Campos do Jordão. Apoiado pelo maestro João Carlos Martins desde 2009, o tenor apresentou-se como solista em palcos como a Sala São Paulo e o Avery Fisher Hall, no Lincoln Center de Nova York, recebendo elogiosa crítica. No projeto VOCALIA viveu e frequentou aulas em Milão com grandes nomes do cenário lírico, como Davide Rocca, Luciana Serra, Umberto Finazzi, entre outros, além de já ter cantado sob a batuta de maestros como Carlos Spierer, Cláudio Cruz, Olivier Toni, Diogo Pacheco, Martinho Lutero Gallati, Guido Rimonda e apresentou-se com diversos grupos e orquestras nacionais e internacionais.

Compartilhe: