MIS celebra 72 anos de David Bowie com curso inédito em janeiro

O curso pensa tematicamente a produção de David Bowie

Centro cultural

site: www.mis-sp.org.br

telefone: (11) 2117-4777

Por: Redação | Comunicar erro

O MIS está com inscrições abertas para um novo curso que começa em janeiro. “David Bowie – filosofia e arte” acontece em três encontros consecutivos a partir do dia 8 de janeiro, data em que o artista britânico completaria 72 anos. A atividade é de terça a quinta, das 19h às 22h.

O curso completo custa R$ 80, mas os dois primeiros leitores VilaMundo e Catraca Livre que usarem o código Bowie10 no site do MIS têm 10% de desconto.

Crédito: Ziggy StardustO curso pensa tematicamente a produção de David Bowie

Em 2014, o museu recebeu a elogiada exposição “David Bowie Is”, criada pelo Victoria and Albert Museum, de Londres. Agora o curso é mais uma oportunidade para os apaixonados pelo artista se aprofundarem em sua performance.

O curso pensa tematicamente a produção de David Bowie segundo possíveis conexões com a filosofia e valoriza, sobretudo, os seguintes pontos: o problema do sentido no contemporâneo; as ideias de corpo e de performance; e as condições da política.

Através da leitura de textos de filósofos como Gilles Deleuze, Michel Foucault, Friedrich Nietzsche, Judith Butler e Giorgio Agamben, “David Bowie: Filosofia e Arte” realiza um recorte para além da historicidade, não simplesmente cronológico, evidenciando focos sensíveis que dialogam e se relacionam com a obra do artista. O curso ainda fomenta, por meio da exposição de fragmentos de vídeos, músicas e textos, a reflexão e o debate em torno dos temas apresentados.

Professores

Alessandro Sales é Doutor em Filosofia pela UFSCar e Professor de Filosofia da UniRio. Finalizou pós-doutorado no Programa de Pós-Graduação em Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa da USP (2016), projeto voltado para as relações entre a Filosofia e a Literatura. Finalizou pós-doutorado no Programa de Pós-Graduação em Imagem e Som da UFSCar (2010-2011), projeto situado entre a Filosofia e o Cinema. Membro do núcleo de sustentação do GT Deleuze da ANPOF e cofundador do Coletivo Casa Vazia. Autor de Deleuze: Pensamento e Acordo Discordante (Edufscar/Fapesp, 2015) e coorganizador de Experimentações Filosóficas: Ensaios, Encontros e Diálogos (Edufscar/Fapesp, 2009).

Ciro Lubliner é Doutorando em Tecnologias da Comunicação e Estéticas na UFRJ com projeto voltado para a ideia de recomposição na arte. Mestre em Literatura Comparada pela USP e graduado em Imagem e Som pela UFSCar. Cofundador do Coletivo Casa Vazia, atuou ainda como vocalista e guitarrista das bandas canções para um mundo sem Humanos e Ladies & Gentleman. Traduziu, ao lado de Tiago Cfer, o livro Literatura de Esquerda, de Damián Tabarovsky (Relicário Edições, 2017).

Curtiu? Então não perca os cursos de Quadrinhos do MIS, também com descontos em parceria com o VilaMundo:

Compartilhe:

Autor: Por: Redação