Dança africana, circo e coral de Heliópolis no Beco do Batman

Por: Redação Comunicar erro

A partir das 12h,  deste sábado, 11, no Pátio Cultural Catraca Livre – no Beco do Batman, na Vila Madalena – vira palco de uma série de apresentações que celebram o Dia das Mães.

Na programação estão as seguintes atrações: Sagrado Circo Feminino, com Larissa Violeta, às 12h; o feminino nas danças tradicionais de matrizes africanas, com Regina Santos e Rico Marcondes, às 15h e Coral Heliópolis, às 16h. – tudo em entrada gratuita. Além disso, haverá um bazar beneficente, cujas peças chegam a ter desconto de 60%.

Confira a programação

12h – Sagrado Circo Feminino, com Larissa Violeta

Larissa Violeta é artista, produtora e arte educadora do circo, da dança e do canto de poesia. Criadora do Sagrado Circo Feminino (projeto de apresentações artísticas, ações pedagógicas e terapias holísticas) ela estará conosco apresentando uma performance de dança com bambolês misturando palhaçaria, poesia e xamanismo. Na sequência, guiará uma vivência para dançarmos e conhecermos o bambolê numa perspectiva brincante, expressiva e poética. O bambolê é um circulo de auto conhecimento e cura, nos proporcionando um despertar através da arte.

Crédito: Larissa Violeta/ divulgaçãoLarissa Violeta é artista, produtora e arte educadora do circo

15h – O feminino nas danças tradicionais de matrizes africanas, com Regina Santos e Rico Marcondes

Por meio de algumas danças da cultura afro-brasileira será realizada uma vivência corporal com enfoque na energia e movimentações femininas. O gestual inspira conexões com o simbólico dessas danças o que proporciona novas maneiras de expressar-se e conectar- se consigo, com o outro e a natureza.

Crédito: Filipe Tiê/divulgaçãoRegina Santos

Regina Santos é bailarina, historiadora (Unicamp-Campinas), arte-educadora e pesquisadora da cultura tradicional africana e afro-brasileira. Como coreógrafa já criou e interpretou composições próprias e sob encomenda para diversos artistas como Iara Rennó, Leo Cavalcanti, Bixiga 70, dentre outros.  Realiza oficinas, workshops e formações de música e dança para diversos públicos. Integrante do Bloco Afro Ilú Obá de Min desde 2014. Professora de Dança Afro no Ilú Obá de Min Educação, Cultura e Arte desde 2015.

Crédito: DivulgaçãoRico Marcondes

Rico Marcondes é músico, Ogã, educador, pesquisador e brincante dos folguedos da cultura tradicional, participou de grupos como Cachuera! e Sambaqui aonde teve a oportunidade de conhecer muitos Mestres tradicionais, atualmente é Caixeiro Guia da Cia.de Moçambique de São Benedito de São Paulo sob o comando de Mestre Silvio Antonio.

16h – Coral Heliópolis

O Coral Heliópolis é um programa que integra diversos grupos de canto coral, que trabalham voz e expressão corporal e praticam atividades cujo objetivo principal é a formação centrada no desenvolvimento de valores para a vida em sociedade, por meio do aprendizado da música de forma prazerosa.

Com um repertório diversificado, que inclui composições brasileiras e obras internacionais, populares e eruditas, os grupos contam com uma competente equipe de professores, além da coordenação pedagógica de Silmara Drezza.  Graças a essa multiplicidade, o Coral da Gente já realizou grandes apresentações. Entre elas, na turnê de Andrea Bocelli, no show de encerramento do SWU junto à banda Faith No More e no Criança Esperança 2011 ao lado da cantora Sandy, além de subir aos palcos de diversos espaços culturais de São Paulo, como Teatro Alfa, Catedral da Sé, Sala São Paulo e outros.

Compartilhe: