Últimas notícias:

Loading...

Elias Andreato dá vida ao pintor Van Gogh em espetáculo online

A primeira montagem da peça estreou em 1993 e fez muito sucesso ao longo dos 15 anos em que ficou em cartaz!

Por: Redação

Nos dias

21/03 - 22/03
28/03 - 29/03 - 03/04 - 04/04

2021

19h

Recursos de acessibilidade para pessoas com deficiência não informados pelo próprio organizador do evento

Um dos pintores mais famosos do mundo, o holandês Vincent Van Gogh (1853-1890) é homenageado no espetáculo online “Van Gogh”, de Elias Andreato e Marcia Abujamra. O solo, montado pela primeira vez em 1993, ganhou uma nova versão que você pode conferir de graça!

Van Gogh Elias Andreato
Crédito: João Caldas Fº - divulgaçãoElias Andreato protagoniza solo teatral online “Van Gogh”

As apresentações acontecem nos dias 21, 22, 28 e 29 de março, e 3 e 4 de abril, às 19h, por meio deste link. A produção da peça recomenda conectar uns 15 minutinhos antes do início da sessão.

O trabalho retrata o universo violento do pintor que, aos 37 anos, se suicidou depois de repetidas negações no amor e no convívio social e da falta de reconhecimento artístico. Pasmem! Esse gênio das artes vendeu apenas um quadro em toda a sua vida!

Van Gogh Elias Andreato
Crédito: João Caldas Fº - divulgaçãoElias Andreato ganhou o Prêmio Shell de Melhor pela atuação em “Van Gogh”

A encenação persegue o fluxo criativo do artista e explora sua obsessão pela pintura e o amor pela natureza e pela vida humana. Além disso, mostra como os episódios de tremenda violência vividos pelo artista, como a automutilação da orelha direita, a perda dos dentes, a suposta epilepsia e outras doenças, são refletidos na obra dele.

A dramaturgia da peça foi construída a partir de um estudo da extensa produção de Van Gogh e das muitas cartas que ele escreveu para seus irmãos, mãe e outros artistas como Emile Bernard (1868-1941) e Paul Gauguin (1848-1903).

Quadro A Noite Estrelada
Crédito: Domínio Público - Wikimedia Commons“A Noite Estrelada” (1889) é um dos quadros mais conhecidos de Vincent Van Gogh

Trabalhador incansável, o artista pós-impressionistas pintou mais de 800 telas e só foi reconhecido depois da morte. Ele é autor de verdadeiras obras-primas como “Quarto em Arles” (1888), “A Noite Estrelada” (1889), “Os Girassóis” (1888), “Os Comedores de Batata” (1885), “Estrada com Ciprestes” (1890) e “A Casa Amarela” (1888), além de inúmeros autorretratos incríveis.

Sucesso de público e crítica nos 15 anos nos quais circulou por várias cidades brasileiras, o solo rendeu a Elias Andreato os prêmios Shell e Apetesp; e a Márcia Abujamra uma indicação como melhor diretora no Prêmio Shell. Os dois participam de bate-papos mega especiais após todas as sessões da peça.

Tem muitos espetáculos online!

Compartilhe:

?>