Prefeitura de SP organiza maratona hacker em busca de soluções para transporte público

Atividade faz parte do evento “São Paulo Aberta”, que também traz palestras e programação cultural gratuita

Por: Redação Comunicar erro

Transparência, inclusão, participação social, compartilhamento e acesso à informação são vertentes que começam a despontar nas administrações públicas pelo mundo. Nesse caminho, a Prefeitura de São Paulo está organizando o “São Paulo Aberta”, um evento que pretende aproximar população e gestão em torno dessas temáticas.

finasal
O objetivo da maratona hacker é reunir mentes criativas de programadores e pesquisadores para criar soluções para o transporte público de São Paulo.

O evento consiste em uma série de debates, mesas de discussão e atividades culturais que acontecerão entre os dias 23 e 27 de outubro. A atração principal é a “Hackatona do Ônibus”, uma espécie de “maratona hacker” em que programadores, pesquisadores e demais interessados se reúnem para desenvolverem softwares, aplicativos e outras soluções tecnológicas. Como o nome já diz, o intuito da maratona, organizada pela SPTrans, é melhorar a mobilidade urbana da capital.

Para participar dos debates, basta preencher um formulário na seção “Inscreva-se” da página do evento. Já para a “Hackatona do Ônbus” é preciso entrar na área do site específica sobre a “competição”.

Confira abaixo a programação.

23/10

O Governo Aberto que Queremos

Local: Edifício Matarazzo – auditório do 7º andar         Público: 300 pessoas

9h00 às 10h20 – Abertura com presença de autoridades do poder público municipal

10h30 às 12h30 – O que se entende por governo aberto: novos paradigmas da relação Estado-sociedade civil. Mesa de debates com a participação de representantes de movimentos populares, pesquisadores, ativistas da área digital e de redes e articulações.

14h00 às 16h00 – Experiências: horizontes para um governo aberto no território. Painel com apresentação de iniciativas da sociedade civil e do governo que propõem a construção e o monitoramento de políticas públicas de maneira participativa.

16h30 às 18h00 – Encerramento do dia. Programação cultural

24/10

Governo Aberto à Participação

Local: Auditório e Espaços de Convivência da Biblioteca Mário de Andrade, Praça Digital     Público: 175 pessoas

9h00 às 10h30 – Razões e Sentidos da Participação Popular. Mesa de debates com a participação de representantes de movimentos populares, pesquisadores, ativistas da área digital e de redes e articulações.

11h00 às 12h30 – Sujeitos da participação: formas de mobilização e engajamento. Mesa de debates com a participação de representantes de movimentos populares, pesquisadores, ativistas da área digital e de redes e articulações.

14h00 às 16h00 – Painel com apresentação de iniciativas da sociedade civil e do governo que propõem a construção e o monitoramento de políticas públicas de maneira participativa.

16h30 às 18h00 – “Polinização” – Atividades simultâneas. Oficinas e grupos de trabalho sobre as políticas de participação e de transparência do município

25/10

Governo Aberto à Transparência e ao Controle Participativo

Local: Auditório e Espaços de Convivência da Biblioteca Mário de Andrade, Praça Digital     Público: 175 pessoas

9h00 às 10h30 – Transparência ativa e dados abertos

11h00 às 12h30 – Controle participativo, monitoramento de políticas e prevenção da corrupção

14h00 às 16h00 – Experiências

16h30 às 18h00 -“Polinização” – Atividades simultâneas

19h00 às 20h30 – Abertura da Hackatona do Ônibus

26/10

Hackatona do Ônibus – Fechado à participação de equipes selecionadas, será realizada em instalação da SPTrans.

[tab:END]

Compartilhe: