Um dia em Bruges, uma das cidades mais charmosas da Europa

Por: DPB Intercâmbio

Capital da província de Flandres Ocidental, região de Flandres na Bélgica, Bruges é a menina dos olhos de todo turista europeu que está de passagem entre as capitais Paris e Bruxelas. Cidade-monumento toda repaginada por volta de 1870, Bruges tornou-se um grande pólo turístico da região, sendo um dos maiores imãs de visitantes da Europa nos últimos anos.

Cortada por canais e pontilhada por belíssimas obras da arquitetura gótica, a cidade que também é conhecida como a  Veneza do Norte encanta e, com toda certeza, é válido separar pelo menos um dia do seu roteiro para a visita. Para quem está por Paris ou Bruxelas, passeios no estilo bate e volta são muito comuns. Por ser praticamente uma vila, Bruges não requer muito mais do que algumas horas para te mostrar boa parte das suas beleza. Nesse link você encontra algumas informações sobre como funciona um desses passeios.

Mas vamos a algumas coisas que você não pode deixar de fazer enquanto estiver passando por lá:

Dar um beijo no sapo de bronze

Em Bruges existe a Estátua dos Amantes, que carrega uma lenda que mistura conto de fadas e aventura. Nos pés da estátua há um sapo de bronze que, segundo o conto popular, deve ser beijado pelas pessoas que por ali passam. O beijo de número 100.000 fará com que o sapo transforme-se em um príncipe (ou uma princesa). Alguns dizem que o sapo transformado será para sempre o amor da vida de quem o beijou. Outros, mais atuais, falam que na verdade o príncipe ou princesa será para sempre um parceiro de viagens que vai inclusive carregar a mochila do viajante sortudo que deu o beijo número 100.000! E há os que acreditam apenas que o beijo no sapo pode trazer sorte.

A estátua fica na Burg Square, bem no centro de Bruges. Como a cidade é pequena, não é difícil encontrar a praça.

Visitar a Basílica do Sangue Sagrado

Divisora de opiniões pelos fiéis espalhados pelo mundo todo, essa igreja é conhecida mundialmente devido ao famoso cilindro em seu interior que dizem conter o sangue de Jesus. Há mais de 750 anos esse artefato, encontrado em uma cruzada para Jerusalém no século 12, é venerado pela população de Bruges e atrai turistas de diversas partes do mundo.

Uma curiosidade que intriga ainda mais a mente de quem passa por lá é o fato de que, quando o sangue é retirado para adoração dos fiéis, ele se transforma de sólido para fluído.

Bom, se para muitos se trata de um milagre, para os cientistas não passa de uma alteração proveniente da mudançca de temperatura entre os ambientes em que o líquido é colocado. Milagre ou não, vale a visita para que suas próprias conclusões serem tiradas.

Tomar uma pint no Café Vlissinghe

Bélgica é a capital mundial da cerveja, e bons pubs por aqui não faltam. As opções são muitas, mas nossa recomendação vai para o Café Vlissinghe. Este é o pub mais antigo da cidade, inaugurado em 1515 por uma tradicional família belga. São 500 anos de história, cerveja gelada (de fabricação própria) e tradição.

O Café Vlissinghe fica na Blekersstraat 2, 8000 e funciona das 11 às 22h.

Conhecer a Madonna de Bruges

Sim! A cidade também tem sua rockstar, mas essa esculpida por ninguém menos que Michelangelo, por volta do ano de 1504. Madonna and Child é a representação do artista para Maria com seu filho Jesus e fica dentro da igreja Church of Four Lady.

Igreja aliás que por si só já vale a visita pela obra exuberante que representa com seus 122,3 metros de altura, sendo a construção mais alta da cidade e a segunda torre de alvenaria mais alta do mundo! Apenas a nível de comparação: a icônica Estátua da Liberdade de NY tem “apenas” 93 metros de altura, aproximadamente 30 metros a menos que a torre principal dessa igreja.

Ter uma vista panorâmica da cidade a 83 metros de altura

Belfry! Se você já assistiu ao filme In Bruges, com toda certeza vai lembrar dessa torre, que além de toda beleza externa ainda pode ser visitada por dentro. São mais de 300 degraus, mas a subida vale a pena: de lá de cima, a vista da cidade é fantástica!

Visitar o Museu da Batata Frita

Claro! Bruges tem o primeiro museu do mundo todinho dedicado a essa iguaria. O Friet Museum nasceu para tentar explicar porque as batatas belgas são mais gostosas do que as outras. É pra ficar com água na boca!

Fica na Vlamingstraat 33, 8000 e funciona diariamente das 10 as 17h. A entrada para adutos custa 7 euros, e há desconto de 1 euro para estudantes ou grupos de no mínimo 15 pessoas com reserva antecipada. Crianças de 6 a 11 anos pagam 5 euros.

Bônus

Para quem ficou curioso sobre o filme, olha aí o trailer pra entrar no clima da cidade antes da visita:

Texto por João Marcos via DPB Intercâmbio

Compartilhe:

Por: DPB Intercâmbio

O portal do intercambista brasileiro no exterior

Termos da rede:

Este conteúdo - assim como as respectivas imagens, vídeos e áudios - é de responsabilidade do usuário DPB Intercâmbio da Rede Catraca.

O Catraca Livre disponibiliza espaço no site para que qualquer interessado possa contribuir com cidades mais acolhedoras, educadas e criativas, sempre respeitando a diversidade de opiniões.

As informações acima são de responsabilidade do autor e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio.