Urbanismo, sustentabilidade e cidadania: três novidades para ficar de olho em SP

Confira o que aconteceu e o que vai rolar na capital paulista nos próximos dias

Por: Redação Comunicar erro

Vilas e portões deverão abrir portões

Desde a última segunda-feira, 9 de março, as vilas e ruas que mantêm portões fechados na cidade de São Paulo terão que ser liberadas de acordo comunicado emitido pela prefeitura.

Em diferentes regiões da cidade, há décadas, diversos endereços são fechados por portões ou cancelas. No entanto, a prefeitura justifica que apenas cumpre ordem do Tribunal de Justiça de São Paulo.

De 2009, a lei garante que o fechamento de ruas da capital paulista é inconstitucional, uma vez que desrespeita a circulação livre.
Por isso todos os bloqueios deverão ser removidos. Só haverá exceção para quem conseguir provar que recebeu autorização do município antes de agosto do ano passado, período em que saiu a decisão do Tribunal de Justiça.

Arvore no Asfalto

Nos últimos dias, a prefeitura de São Paulo deu início aos testes para buscar novas alternativas para o plantio de árvores na cidade. O projeto teve início na Zona Leste, mais precisamente no bairro Cidade Patriarca, onde foram plantadas 70 mudas no asfalto, entre as duas vias de circulação da região.

Foto: Fabio Arantes/SECOM
O plantio sobre o asfalto possui baixo custo de implantação e uma única equipe consegue plantar cerca de 30 árvores por dia

Ainda no primeiro semestre, novas alternativas serão testadas pela prefeitura. A ideia é ampliar áreas verdes na cidade, que atualmente tem menos de um milhão árvores em vias públicas.

Entre os ganhos com a plantação de árvores na cidade, o projeto propõe mais qualidade de vida à população, reduzindo as ilhas de calor, além de coibir a poluição atmosférica, visual e sonora para a população.

Mulheres em Movimento

Em comemoração ao Dia Internacional das Mulheres, a capital paulista recebe no próximo domingo, 22 de março, a pedalada “Mulheres em Movimento” que deverá reunir cerca de 2 mil participantes no Vale do Anhangabaú, ponto de partida do evento.

Para participar, as inscrições estão podem ser feitas no site gratuitamente por pessoas com idade superior a 18 anos. Jovens com idade acima de 12 e até 18 anos deverão apresentar autorização dos responsáveis.

Após realizar a inscrição com sucesso, o candidato deverá retirar o kit com camiseta e número no dia anterior a pedalada, dia 21 de março, na Galeria Prestes Maia, das 10 às 16 horas.

Compartilhe: