Inaugurada em 23 de setembro de 1968, possui mais de 14 mil livros. A colaboração e participação dos moradores do Rio Vermelho se transformaram na marca da biblioteca para a reconstituição da história do bairro. Depoimentos, fotos, livros e lembranças estão no acervo. Promove atividades em diversos setores como estudos, pesquisas, periódicos e dinamização.