Criada pela associação de estudante angolanos (africanos) residentes em Salvador, a Casa de Angola promove uma exposição etno-gráfica onde se encontram tronos, pulseiras, elementos de caça, crença e magia, poder político tradicional, cerâmica de vários grupos étnicos e peças oriundas do museu antropológico de Angola.