A igreja, em estilo colonial, data do século XVIII e carrega no altar um oratório com a imagem do padroeiro da paróquia. Uma visita ao seu interior é imperdível, particularmente por nele abrigar, além de uma monumental obra em talha, algumas imagens que pertenceram à primitiva igreja do Corpo Santo, demolida em 1913, quando das obras de modernização do porto.