O Museu Abelardo Rodrigues, inaugurado em 5 de novembro de 1981, localizado no andar nobre do Solar do Ferrão, guarda uma coleção particular bastante valiosa de arte sacra brasileira. São 808 trabalhos de arte erudita e popular dos séculos 16 ao 19. Entre as obras estão imagens, pinturas, oratórios, altares e crucifixos pertencentes ao colecionador pernambucano Abelardo Rodrigues e comprados pelo governo.

As obras ficaram alojadas no Museu de Arte Sacra da Universidade Federal da Bahia, de 1975 a 1981. A partir daí, passaram para seu lugar atual. A coleção é rica em esculturas religiosas brasileiras, da Europa e Oriente, confeccionadas em madeira, pedra-sabão, barro, alabastro e marfim.