Startups com ideias inovadoras podem ganhar até R$ 50 mil

Primeiro lugar ganhará curso de duas semanas no Vale do Silício, nos Estados Unidos; inscrições até 5 de julho

Por: Redação | Comunicar erro

Faltam dois dias para startups de todo o Brasil se inscreverem no programa BrazilLAB, iniciativa que seleciona soluções que podem contribuir com desafios da administração pública. Este ano o Lab está convocando fintechs para pensarem em soluções relacionadas ao drama do equilíbrio das contas municipais, além de startups nas áreas de comunicação e agricultura urbana.

Concurso reunirá projetos sobre agricultura urbana, equilíbrio fiscal (com foco em fintechs) e comunicação

O programa Brazil LAB de aceleração procura por empreendedores interessados em construírem estratégias B2G (business to government). Ao final do programa, os três finalistas receberão o investimento de R$ 50 mil e o primeiro lugar ganhará um curso de duas semanas no Vale do Silício na Draper University. O programa também dará todo apoio na aproximação dos empreendedores com o poder público para a implantação dos projetos nos municípios. 

Laboratório criativo 

Na última edição, foram mais de 600 projetos inscritos, sendo 11 selecionados para participarem do laboratório. Nessa edição, as mentorias acontecerão entre os meses de agosto e novembro no Campus São Paulo, na região da Avenida Paulista, em São Paulo. As inscrições para o BrazilLAB vão até 5 de julho e podem ser feitas pelo site www.brazillab.org.br.

Compartilhe:

1 / 3
1
01:20
5 dicas para ser um freela bem sucedido
Existem vários pontos positivos em atuar como freelancer no mercado. Mas, para conseguir ser bem sucedido nessa carreira é preciso …
2
02:02
O que as pessoas estão fazendo para superar o desemprego em São Paulo
Conversamos com diversas pessoas para entender as principais dificuldades para encontrar uma oportunidade de trabalho em São Paulo. Elas também …
3
01:36
5 mudanças da reforma trabalhista
Confira o que mudou na relação entre trabalhador em empresa com a aprovação da reforma trabalhista. Gostou? Deixe um like e …