Afeto e cuidado: médica canta e toca violão para bebês em UTI

Por: Camila Hungria

Um bebê que começa sua vida fora do útero em uma UTI neonatal precisará enfrentar uma série de desafios até o dia de, finalmente, ir para casa. Ter momentos de contato pele a pele com os pais, ouvir a voz dos mesmos e sentir sua presença, sem dúvida, são fatores que podem fazer a diferença em seu desenvolvimento.

Música para cuidar da alma

Nessa rotina de cuidados e de demonstração de afeto, ouvir música também pode ajudar os pequeninos a se sentirem acolhidos, cuidados e a acalmarem.

Com esse objetivo, a médica residente Isadora Pimentel de Souza, que trabalha na UTI NEO do Hospital das Clínicas de Botucatu, em São Paulo, aproveita os momentos de tranquilidade no local para tocar violão e cantar para os bebês.

O vídeo abaixo registra um desses momentos, encante-se com ele:

Compartilhe: