3 tweets de Bolsonaro confirmam seu silêncio sobre homem fuzilado

80 tiros não foram capazes de amolecer o coração do presidente, que usou o Twitter para atacar a esquerda, mas não pôde fazer sequer uma menção ao crime

Por: Maurício Costa | Comunicar erro
bolsonaro exército
Crédito: reproduçãoBolsonaro não usou o Twitter para mencionar o caso do músico preto e pobre fuzilado pelo Exército no Rio

Um dos crimes mais chocantes que paralisaram o brasileiro na frente das telinhas foi o fuzilamento de um músico, pai de família, no Rio de Janeiro. Evaldo dos Santos foi covardemente assassinado por militares do Exército na manhã da segunda-feira, 8. Mais de 80 tiros foram disparados contra o carro em que a vítima estava com sua família.

Em um governo movido pelas redes sociais, é espantoso que Jair Bolsonaro (PSL) não tenha feito sequer uma menção sobre o caso.

Para quem não se lembra, o Presidente da República chegou a usar seu Twitter para divulgar um caso de golden shower no Carnaval, para parabenizar a ação de policiais que mataram 11 bandidos, além das diversas publicações sobre comunismo e etc.

Mas 80 tiros contra uma família pobre e preta não foram capazes de amolecer o coração do presidente.

Nos últimos dois dias, após a explosão do crime na mídia, há pelo menos 3 tweets inúteis feitos por Bolsonaro que poderiam ser facilmente substituídos por uma menção ao caso. Confira:

  • Ataques à esquerda

Bolsonaro parece ter verdadeira fixação com a esquerda política no Brasil. Em meio a um caso pavoroso como o de Evaldo dos Santos, o presidente preferiu retuitar um post sobre uma suposta camiseta em que exalta a figura de Adélio Bispo, autor da facada que quase o matou.

bolsonaro
Crédito: reprodução/TwitterTweet que Bolsonaro poderia trocar por uma menção ao músico fuzilado pelo Exército
  • Autopromoção

Com a contínua queda de sua popularidade, Bolsonaro precisa encontrar maneiras de dizer para o povo que ainda é relevante. Por isso, em vez de citar o crime do Exército, o presidente preferiu postar sobre um prêmio que receberá da Câmara Brasileira de Comércio nos EUA como “pessoa do ano”.

AH, FAÇA-ME O FAVOR…

  • Gafe “sem intenção”

Ao anunciar a troca de Vélez Rodríguez como Ministro da Educação pelo Professor Abraham Weintraub, Bolsonaro cometeu uma gafe, e afirmou que Abraham é doutor – mas ele não tem doutorado. Para isso, o presidente precisou fazer um novo tuíte reiterando sua afirmação.

Se ele realmente soubesse o currículo daqueles que escolhe para ser ministro, poderia poupar esse tuíte e comentar sobre o assassinato de Evaldo dos Santos, né não?!

Bom… ataques à esquerda, gafe e autopromoção. A tudo isso o presidente encontrou tempo para postar. Então, o que o faz ficar calado diante de tamanha crueldade por parte do Exército?

Lembre-se, capitão: vidas negras IMPORTAM, e 80 tiros disparados contra uma família simplesmente não pode ser engano. É urgente que o senhor se manifeste sobre o caso.

Compartilhe:

1 / 8
1
06:43
Após ser acusado de comunista, Dimenstein cobra provas de Hasselmann
A deputada federal Joice Hasselmann perdeu a calma nas redes sociais ao atacar o jornalista Gilberto Dimenstein, acusando-o de militante …
2
04:53
Netflix e KondZilla lançam ‘Sintonia’, da periferia para o mundo
KondZilla tem razão quando afirma: "A favela venceu". “Sintonia”, a nova série da Netflix, prova isso. A ideia original é dele …
3
04:21
Sinais que indicam problemas no estômago
Ter tosse seca pode ser um sinal que o seu estômago não vai muito bem. Hoje, o Dr. Raul Cutait, médico …
4
03:43
O estrago de Frota é maior que o Bolsonaro poderia acreditar
Após ser expulso do PSL, o deputado federal Alexandre Frota confirmou sua filiação ao PSDB, partido de João Doria, governador …
5
03:03
Câmara aprova projeto de lei sobre abuso de autoridade
A Câmara dos Deputados aprovou o projeto de lei que define quais situações configuram abuso de autoridade. Agora, o texto …
6
04:07
Um pedido de desculpas à Angela Merkel pelas ofensas de Bolsonaro
Depois de dizer a um repórter que ele deveria fazer cocô dia sim, dia não para preservar o meio ambiente, …
7
03:26
Mortes provocadas pelo fim dos radares deveriam ter nome de Bolsonaro
O presidente Jair Bolsonaro determinou nesta quinta-feira, 15, a suspensão dos radares de fiscalização de velocidade móveis em rodovias federais …
8
04:56
‘Risk’, na Netflix, vaza a imagem não autorizada de Julian Assange
Será que, em um ato de coragem, você arriscaria sua própria liberdade para trazer à tona realidades que manipulam a …