Sabia que você pode ‘adotar um ninho’ de arara azul?

Um oferecimento da Universidade Anhanguera-Uniderp

Por: Publi

Com o objetivo de preservar a biodiversidade do Pantanal, o Instituto Arara Azul lança a segunda edição da campanha “Adote um Ninho”, que preza pela conservação das araras-azuis na natureza. Para contribuir com o projeto, clique neste link e siga o passo a passo. Podem ser feitas doações a partir de R$ 15.

O valor angariado com as doações será para dar continuidade ao desenvolvimento das pesquisas e ações de proteção da arara azul, tais como os estudos e monitoramento de ninhos no Pantanal. A organização é reconhecida internacionalmente e trabalha na causa há 25 anos.

A edição 2014 colheu resultados significativos, com 45 ninhos apadrinhados por empresas e pessoas físicas. Personalidades como Ziraldo, Almir Sater e Gabriel Sater, Carlos Saldanha, Chitãozinho e Xororó, Munhoz e Mariano e Luan Santana ajudaram na campanha.

Atualmente são monitorados de 120 a 150 ninhos por ano, em 450 mil hectares no Pantanal Sul, nas regiões de Aquidauana, Miranda, Rochedo, Rio Negro e Coxim (MS). Ao todo estão cadastrados 599 ninhos, sendo 346 naturais e 253 artificiais.

Em Miranda, por exemplo, dos 52 filhotes que nasceram 65% sobreviveram até o último monitoramento, 4% foram predados, 4% foram encontrados mortos dentro do ninho e 26% desapareceram sem vestígios.

A retirada da arara-azul da Lista da Fauna Brasileira Ameaçada de Extinção, divulgada pelo Ministério do Meio Ambiente em dezembro de 2014, foi considerada uma grande conquista. Mas ainda assim a espécie é citada na lista vermelha das espécies ameaçadas (Red List of Threatened Species) da União Internacional pela Conservação da Natureza (IUCN – International Union for Conservation of Nature).

O Projeto Arara Azul é liderado pela Dra. Neiva Guedes, professora, pesquisadora da Universidade Uniderp e presidente do Instituto Arara Azul.  Mais detalhes sobre o trabalho desenvolvido pelo projeto Arara Azul também podem ser obtidos pelo e-mail contato@institutoararaazul.org.br.

Compartilhe: