Advogadas se unem para rastrear boatos sobre Marielle

Grupo recebe informações sobre fake news contra a vereadora, saiba como colaborar

Por: Redação | Comunicar erro

A onda de notícias falsas que surgiu após a execução da vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ) e do motorista Anderson Gomes fez com que um grupo de advogadas se unisse para rastrear o material mentiroso, identificar os autores e encaminhá-lo para que a Delegacia de Repressão a Crimes de Informática possa investigar e tomar medidas contra os produtores das falsas informações.

Se você se deparar com algum post de ódio ou que contenha alguma afirmação que difame a vereadora, salve uma cópia do material com o máximo de informações que puder, como o nome de quem fez o compartilhamento, link da postagem e do perfil da pessoa.

Se tiver sido por WhatsApp, adicione também o número do telefone que te encaminhou a mensagem. Envie as informações para contato@ejsadvogadas.com.br. Mais de 2.000 denúncias já foram direcionadas ao grupo desde a quinta-feira, 16.

  •  Leia também:

Compartilhe: