Após apelo, trans consegue médico para retirar silicone do rosto

Por conta da aparência, Juju Oliveira tem sofrido toda forma de desrespeito e insultos em sua cidade

Por: Redação
Ouça este conteúdo

Juju Oliveira, que recentemente fez um apelo em suas redes sociais contra o bullying, conseguiu um médico que vai retirar o silicone industrial de seu rosto. Por conta da aparência, ela tem sido alvo de preconceito e chacota na cidade onde mora, em Passo Fundo, no Rio Grande do Sul.

Na semana passada após o vídeo dela viralizar, um anestesista ofereceu ajuda, caso ela conseguisse um cirurgião. Nesta segunda-feira, 31, ela disse que alguns médicos a procuraram, se disponibilizando a fazer o processo de remoção sem cobrar nada.

“Me disseram que podem me ajudar a retirar o produto do rosto. Se vou voltar a ser a mesma de antes, não garantem”, disse ela ao jornal Extra.

Juju Oliveira não vê a hora de se livrar do inchaço: “Não preciso nem ficar bonita. Pedi ao médico para tirar esse inchaço para que nunca mais eu seja chamada de Fofão. E não é pelo personagem, a comparação. Eu só quero viver de novo como uma pessoa normal”.

trans juju consegue médico para retirar silicone do rosto
Crédito: Reprodução/FacebookJuju Oliveira consegue médico para retirar silicone do rosto

A gaúcha, de 30 anos, conta que aplicou 250 ml do produto no rosto em uma clínica clandestina, em 2017. Com o tempo, o rosto ficou inchado e o silicone começou a descer para o pescoço.

O produto, quando aplicado no organismo, é extremamente perigoso. Os problemas podem aparecer no momento da aplicação ou com o passar dos anos. Nesses casos, são comuns deformações, infecção generalizada, embolia pulmonar e, até mesmo, morte.

Seduzidas pela possibilidade de aumentar o volume de algumas regiões do corpo, como glúteos, seios e até contorno do rosto, muitas pessoas recorrem a aplicação do silicone industrial por esse ser uma alternativa mais barata.

No entanto, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), já proibiu o uso estético do produto, que é comercializado para limpeza de carros e peças de avião e vedação de vidros.

Empatia nas redes sociais

O apelo de Juju Oliveira, que pedia respeito no vídeo, comoveu milhares de pessoas que interagiram com a publicação. Famosos como Jojo Todynho mandaram mensagens de incentivo e até sugeriram a criação de uma vaquinha para arcar com os custos do procedimento.

Jojo Todynho comenta post de Juju
Crédito: Reprodução/FacebookJojo Todynho comentou a publicação de Juju

Posted by Juju Oliveira on Sunday, August 16, 2020

Cuidados com os procedimentos estéticos

É considerável o número de pessoas que ficam insatisfeitas com o resultado de uma plástica ou outro procedimento estético. Tanto é que muitos médicos se dedicam a cirurgias corretivas, aquelas que alteram o resultado da primeira intervenção cirúrgica. Muitas vezes, isso acontece por conta da falta de cuidado na hora escolher um cirurgião plástico.

Nem todo médico é qualificado ou experiente em todos os procedimentos. De acordo com dados do Conselho Regional de Medicina de São Paulo, o CREMESP, colhidos em 2008, cerca de 97% dos médicos que respondiam a processos éticos-profissionais relacionados à cirurgias plásticas e procedimentos estéticos não possuíam título de especialista na área.

A Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) recomenda que todos os pacientes sigam alguns critérios para sua própria segurança. Continue lendo no link abaixo: