CORONAVÍRUS
Tudo o que você precisa saberÚltimas notícias e tudo que você precisa saber

Após denúncia de ‘eventos e palestras’, MP investiga Deltan e Pozzobon

Deltan e Pozzobon terão dez dias para se manifestar sobre as mensagens divulgadas pelo site The Intercept em parceria com a Folha de S. Paulo

Por: Redação

Foi instaurado nesta terça-feira, 16, uma reclamação disciplinar contra os procuradores da Operação Lava Jato Deltan Dallagnol e Roberson Pozzobon, a pedido do Corregedor Nacional do Ministério Público (CNMP), Orlando Rochadel Moreira.

Os dois terão 10 dias para se manifestarem sobre supostas mensagens trocadas entre eles, segundo reportagens divulgadas pelo site The Intercept e pelo jornal Folha de S. Paulo.

Segundo notícia divulgada no domingo, 14, Deltan teria arquitetado um plano de negócios de eventos e palestras em função da visibilidade adquirida com as investigações da Lava Jato.  A reclamação foi determinada em resposta a um pedido feito pelo PT.

Crédito: Agência BrasilDeltan Dallagnol, procurador da República, tem conversas comprometedoras vazadas – Foto: Reprodução/Agência Brasil

Para o partido, o Deltan desviou da função de servidores ‘para a prática de atividades pessoais de palestrante, desvinculadas, portanto, das finalidades dos cargos ocupados’, e também ‘obtenção de vantagens adicionais aos vencimentos do cargo não previstas em lei’.

Enquanto Pozzobon teria agido com falta de “decoro pessoal, zelo e probidade, e de ilibada conduta particular, na medida em que, ao ser alertado sobre a possibilidade de investigação das atividades comerciais dos reclamados teria externado, em tom jocoso a expressão ‘Que veeeenham’.”.

Corregedor considera possibilidade de desvio

Em sua decisão, o corregedor considera que, pelo contexto analisado, é possível observar ‘eventual desvio na conduta’ de membros do Ministério Público, o que, em tese, ‘pode caracterizar falta funcional’.

O que motivará análise mais aprofundada pelo órgão responsável. “Com efeito, neste momento inicial, é necessária análise preliminar do conteúdo veiculado pela imprensa, notadamente pelo volume de informações constantes dos veículos de comunicação”, afirmou.

Com informações do blog Fausto Macedo, do Estadão.

1
‘Na Fila do SUS’ retrata o sucateamento da saúde pública em plena pandemia
 'Na Fila do SUS' é uma websérie em formato original com seis episódios que estreia disponível exclusivamente, na plataforma online …
2
Governo libera uso da cloroquina para pacientes em estado leve da covid-19; classe médica discorda
Após pressão do presidente Jair Bolsonaro, o Ministério da Saúde cedeu e ampliou o  protocolo para uso da cloroquina e …
3
Felipe Neto no Roda Vida: confira os principais momentos do programa
Convidado do Roda Viva, da TV Cultura, na noite desta segunda-feira, 18, o youtuber Felipe Neto afirmou que faz um …
4
Flávio Bolsonaro rebate acusação feita por Paulo Marinho sobre o caso Queiroz
O senador Flávio Bolsonaro rebateu a acusação feita pelo empresário Paulo Marinho em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo …
5
Entenda os motivos do pedido de demissão do ministro da Saúde, Nelson Teich
Antes mesmo de completar um mês à frente do Ministério da Saúde, o ministro Nelson Teich pediu demissão do cargo …
6
Guia Negro Entrevista: O que é ser um corpo negro no mundo?
Neste décimo e último episódio da terceira temporada do Guia Negro Entrevista, o programa revisita seu passado para apresentar um …
7
Vídeo da reunião de Bolsonaro com Moro pode incriminar o presidente? Entenda
E não é que a exibição do vídeo da reunião ministerial do dia 22 de abril citado pelo ex-ministro Sergio …
8
3 países que mostraram que é possível conter o coronavírus
Nova Zelândia, Alemanha e Taiwan. O que esses três locais têm em comum? Eles mostraram para o mundo que ações rápidas …