Bolsonaro agora estuda faltar a todos os debates do 2º turno

Haddad tem cobrado participação do rival em programas

Por: Redação | Comunicar erro

Jair Bolsonaro, candidato à Presidência pelo PSL, afirmou, nesta quinta-feira, 11, que pode faltar a todos os debates do segundo turno, mesmo que os médicos o liberem de participar dos programas democráticos. Seria “estratégia política”, segundo afirmou em entrevista coletiva concedida em um hotel na Barra da Tijuca (Rio).

bolsonaro durante entrevista à Record em sua casa
Crédito: reprodução/TV RecordO candidato Jair Bolsonaro

Fernando Haddad, adversário do capitão reformado, tem dito que irá até “à enfermaria” se necessário para debater o país, mas Bolsonaro já havia afirmado que não participará de nenhum dos debates do 2º turno que estavam programados para a próxima semana, do Estadão/Gazeta, SBT/Folha e RedeTV/IstoÉ.

“Existe a possibilidade sim, por estratégia. Estou vendo o Haddad desafiando agora: ‘Quero que você diga o que fez em 28 anos no Parlamento’. Eu responderia para ele: ‘Não roubei ninguém, Haddad’.”, segundo informações do jornal “O Globo”.

Ao responder a uma pergunta que citava uma afirmação da líder francesa de extrema-direita Marine Le Pen, que afirmou não considerar Bolsonaro de extrema-direita, o candidato do PSL concordou com a tese: “Eu não sou de extrema-direita. Sou admirador do (Donald) Trump. Ele quer a América grande, eu quero o Brasil grande”.

Compartilhe: