Bolsonaro assina decreto que flexibiliza posse de armas amanhã

A flexibilização do porte de armas é uma promessa de campanha de Bolsonaro

Por: Redação | Comunicar erro

Amanhã, na terça-feira, 15, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) deve assinar o decreto que flexibiliza a posse de armas no Brasil. O texto será publicado, no mesmo dia, em edição extra do Diário Oficial da União. Segundo o jornal “Folha de S.Paulo”, o texto estava em fase final de aprovação desde a sexta-feira, 11.

Crédito: REUTERS/Adriano MachadoBolsonaro deve assinar decreto que flexibiliza posse de armas nesta 3ª

A flexibilização do porte de armas é uma promessa de campanha de Bolsonaro. Até esta segunda-feira, 14, a posse de armas no Brasil é regulamentada pela lei federal 10.826, de 2003, conhecida como o Estatuto do Desarmamento.

A assinatura, que será realizada em cerimônia do Palácio do Planalto, contará com a presença de ministros e de integrantes da bancada da bala.

Quem pode ter armas hoje no Brasil?

Atualmente, a Polícia Federal autoriza a posse de armas de fogo para pessoa física a a partir das seguintes exigências:

  • Ter ao menos 25 anos;
  • Ter ocupação lícita;
  • Justificar a través de uma declaração escrita a “efetiva necessidade” de ter uma arma, expondo fatos e circunstâncias que justifiquem o pedido;
  • Não estar respondendo a inquérito policial ou processo criminal;
  • Não ter antecedentes criminais nas justiças Federal, Estadual (incluindo juizados), Militar e Eleitoral;
  • Comprovar aptidão psicológica e técnica para manuseio de arma de fogo;

Além disso, é necessário pagar uma taxa e apresentar cópias autenticadas ou original e cópia de RG e CPF, comprovante de residência e foto 3×4.

O direito à posse significa poder manter uma arma apenas dentro de casa. Para andar armado, é preciso ter direito ao porte, o que é proibido, exceto para militares, policiais e afins e trabalhadores rurais que comprovem o uso para subsistência.

Compartilhe:

Tags: #politica
1 / 8
1
06:25
VazaJato: Moro chama integrantes do MBL de tontos e depois se desculpa
Em áudio publicado pelo perfil do Movimento Brasil Livre no Instagram o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, …
2
02:42
STF adia julgamento que pode tirar Lula da cadeia
O Supremo Tribunal Federal (STF) resolveu adiar o julgamento do pedido de liberdade do ex-presidente Lula, que estava previsto para …
3
02:20
Novas regras para o uso de patinetes elétricas em SP
A prefeitura de São Paulo definiu novas regras para o uso de patinetes elétricas compartilhadas na cidade. Entre as  determinações …
4
08:30
Intercept: os principais pontos do depoimento de Moro no Senado
O ministro da Justiça, Sergio Moro, prestou esclarecimentos em audiência na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça do Senado) sobre …
5
04:04
E se Carlos Bolsonaro fosse gay?
O ex-deputado Jean Wyllys fez uma série de posts em sua rede social apontando que Carlos Bolsonaro, o filho 02 …
6
03:02
Empresas usaram disparos no WhatsApp durante eleição de Bolsonaro
Uma reportagem publicada pela Folha de S. Paulo mostra que empresas brasileiras contrataram uma agência de marketing na Espanha para …
7
01:49
Senado diz não e derruba o decreto de armas de Bolsonaro
O Senado votou na terça-feira, 18, o parecer que pede pela suspensão dos decretos que flexibilizam o porte e a …
8
03:54
Bancada do PSL passa vergonha ao convocar e desconvocar Glen Greenwald
O deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) apresentou na quarta-feira, dia 12, um requerimento na Comissão de Segurança Pública da Câmara …