Bolsonaro ataca ‘Folha’ por denunciar seu caixa 2 na campanha

Na mensagem publicada nas redes sociais, Bolsonaro ignora a descoberta da planilha que aponta o caixa 2 na campanha

Por: Redação

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) atacou a ‘Folha de S.Paulo’, neste domingo, 6, por denunciar o esquema de caixa dois na sua campanha eleitoral e do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, também do PSL, em 2018.

bolsonaro folha caixa dois
Crédito: Agência Brasil/Fábio Rodrigues PozzebomBolsonaro ataca ‘Folha’ por denunciar seu caixa 2 na campanha

O líder do executivo nacional afirmou que o jornal desceu “às profundezas do esgoto” ao publicar a reportagem. “A Folha de S.Paulo avançou a todos os limites, transformou-se num panfleto ordinário às causas dos canalhas”, afirmou Bolsonaro em suas redes sociais. “Com mentiras, já habituais, conseguiram descer às profundezas do esgoto”, disse.

Segundo a Folha, em depoimento à Polícia Federal, um assessor do Ministro do Turismo envolveu a campanha de Jair Bolsonaro em caixa dois. “Haissander Souza de Paula disse à PF que ‘acha que parte dos valores depositados para as campanhas femininas, na verdade, foi usada para pagar material de campanha de Marcelo Álvaro Antônio e de Jair Bolsonaro’.

Em uma planilha, batizada como ‘MarceloAlvaro.xlsx’, menciona-se o fornecimento de material eleitoral para a campanha de Bolsonaro com a expressão ‘out’.  Para os investigadores, isso significa pagamento ‘por fora’.

O laranjal funciona assim: candidatas mulheres recebiam dinheiro eleitoral, mas desviavam para outros candidatos.
Apesar do indiciamento do ministro, Bolsonaro assegura que vai mantê-lo no cargo.

Na mensagem publicada nas redes sociais, Bolsonaro ignora a descoberta da planilha e chama Haissander, homem de confiança de Marcelo Álvaro Antonio, de “tal assessor”. Além de não citar a planilha, o presidente não contesta a existência do depoimento à PF.

De acordo com o presidente, sua campanha arrecadou R$ 4 milhões pela internet e usou metade do valor. Segundo ele, foi feita uma tentativa de doação da sobra de R$ 2 milhões, o que não era permitido pela legislação.

Bolsonaro disse que não usou dinheiro do fundo partidário na corrida eleitoral do ano passado. Na verdade, ele fazia referência, não ao fundo partidário, mas ao fundo eleitoral, que distribuiu R$ 1,7 bilhão às campanhas dos partidos.

Para mais informações veja a reportagem completa da ‘Folha de S. Paulo’ aqui.

1
Tá na Régua: Djonga, Criolo e Cynthia Luz comentam “volta” do AI-5
A Catraca Livre e o rappper V.A.L.E, do grupo MR-13, colaram no Festival Sons da Rua, que rolou em outubro …
2
Joice Hasselmann fala sobre o Pavão Misterioso e o Gabinete do Ódio
Pavão Misterioso, Gabinete do Ódio de Bolsonaro e muitas outras questões foram abordadas no depoimento da deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) …
3
Os principais pontos do pacote anticrime de Moro aprovado pela Câmara
A Câmara dos Deputados aprovou na quarta-feira, 4, o pacote anticrime do ministro da Justiça, Sergio Moro. O conjunto de …
4
Tudo o que se sabe sobre a ação policial em Paraisópolis
No último domingo, 9 jovens morreram supostamente pisoteados durante ação realizada pela Polícia Militar na comunidade de Paraisópolis, em São …
5
PSL pune postura de Eduardo Bolsonaro e de outros 17 parlamentares
O diretório nacional do Partido Social Liberal (PSL) decidiu na terça-feira, 3, punir 18 parlamentares acusados de articular o afastamento …
6
Presidente da Funarte diz que rock leva ao aborto e ao satanismo
O músico Dante Mantovani, nomeado nesta segunda-feira, 2, como o presidente da Fundação Nacional de Artes (Funarte), possui um canal …
7
Trump decide retomar taxação ao Brasil após desvalorização do real
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, fez um post em sua rede social anunciando o retorno das tarifas de …
8
Entenda todos os desdobramentos das prisões em Alter do Chão
Os quatro brigadistas que haviam sido presos preventivamente na operação Fogo de Sairé, da Polícia Civil do Pará, deixaram a …