Bolsonaro ataca ‘Folha’ por denunciar seu caixa 2 na campanha

Na mensagem publicada nas redes sociais, Bolsonaro ignora a descoberta da planilha que aponta o caixa 2 na campanha

Por: Redação

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) atacou a ‘Folha de S.Paulo’, neste domingo, 6, por denunciar o esquema de caixa dois na sua campanha eleitoral e do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, também do PSL, em 2018.

bolsonaro folha caixa dois
Crédito: Agência Brasil/Fábio Rodrigues PozzebomBolsonaro ataca ‘Folha’ por denunciar seu caixa 2 na campanha

O líder do executivo nacional afirmou que o jornal desceu “às profundezas do esgoto” ao publicar a reportagem. “A Folha de S.Paulo avançou a todos os limites, transformou-se num panfleto ordinário às causas dos canalhas”, afirmou Bolsonaro em suas redes sociais. “Com mentiras, já habituais, conseguiram descer às profundezas do esgoto”, disse.

Segundo a Folha, em depoimento à Polícia Federal, um assessor do Ministro do Turismo envolveu a campanha de Jair Bolsonaro em caixa dois. “Haissander Souza de Paula disse à PF que ‘acha que parte dos valores depositados para as campanhas femininas, na verdade, foi usada para pagar material de campanha de Marcelo Álvaro Antônio e de Jair Bolsonaro’.

Em uma planilha, batizada como ‘MarceloAlvaro.xlsx’, menciona-se o fornecimento de material eleitoral para a campanha de Bolsonaro com a expressão ‘out’.  Para os investigadores, isso significa pagamento ‘por fora’.

O laranjal funciona assim: candidatas mulheres recebiam dinheiro eleitoral, mas desviavam para outros candidatos.
Apesar do indiciamento do ministro, Bolsonaro assegura que vai mantê-lo no cargo.

Na mensagem publicada nas redes sociais, Bolsonaro ignora a descoberta da planilha e chama Haissander, homem de confiança de Marcelo Álvaro Antonio, de “tal assessor”. Além de não citar a planilha, o presidente não contesta a existência do depoimento à PF.

De acordo com o presidente, sua campanha arrecadou R$ 4 milhões pela internet e usou metade do valor. Segundo ele, foi feita uma tentativa de doação da sobra de R$ 2 milhões, o que não era permitido pela legislação.

Bolsonaro disse que não usou dinheiro do fundo partidário na corrida eleitoral do ano passado. Na verdade, ele fazia referência, não ao fundo partidário, mas ao fundo eleitoral, que distribuiu R$ 1,7 bilhão às campanhas dos partidos.

Para mais informações veja a reportagem completa da ‘Folha de S. Paulo’ aqui.

1
A repercussão dos ataques machistas à jornalista Patrícia Campos Mello
No final da última semana, Hans River do Rio Nascimento foi chamado para prestar depoimento na CPMI das Fake News. …
2
Governo Bolsonaro libera pesca em áreas de conservação ambiental
Uma portaria do Instituto Chico Mendes (ICMBio), órgão vinculado ao Ministério do Meio Ambiente, autorizou a pesca esportiva e amadora …
3
Chuva forte deixa São Paulo debaixo d’água
A chuva que começou ontem não deu sinal de trégua e fez São Paulo amanhecer debaixo d’água nesta segunda-feira, 10. …
4
Coronavírus: aviões da FAB vão retirar brasileiros de Wuhan, na China
Dois aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) decolaram nesta quarta-feira, 5, em direção a Wuhan, na China, para retirar os …
5
BBB20: Mulheres decidem o destino de Pétrix Barbosa
A união das mulheres  decidiu o destino de Pétrix não apenas no Big Brother Brasil 20, mas também fora da …
6
Damares Alves: abstinência sexual, protesto e contradição?
Por que este grupo de mulheres deu as costas para a ministra Damares Alves enquanto ela defendia sua política de …
7
Bolsonaro e a demissão do secretário que viajou com jato da FAB
O presidente Jair Bolsonaro anunciou em sua conta no Twitter que vai tornar sem efeito a nomeação de José Vicente …
8
Visibilidade trans: a história de Thais de Azevedo
O que é violência para você? Para Thais de Azevedo essa pergunta resume uma trajetória de vida. Como mulher trans, …