Bolsonaro diz que vai acabar com o ‘coitadismo’ das minorias

Segundo o candidato do PSL, as políticas afirmativas de inclusão reforçam o preconceito contra nordestinos, gays, negros e mulheres

Por: Redação | Comunicar erro
bolsonaro coitadismo
Crédito: divulgação Bolsonaro diz que vai acabar com o “coitadismo” de nordestinos, negros, gays e mulheres

A poucos dias do segundo turno das eleições presidenciais, o candidato Jair Bolsonaro (PSL) afirmou em entrevista à TV Cidade Verde, afiliada do SBT no Piauí, que irá acabar com a política do “coitadismo” de nordestino, gay, negro e mulher. De acordo com o presidenciável, as políticas afirmativas de inclusão reforçam o preconceito contra as minorias.

“Isso não pode continuar existindo. Tudo é coitadismo. Coitado do negro, coitado da mulher, coitado do gay, coitado do nordestino, coitado do piauiense. Vamos acabar com isso”, disse.

Na entrevista, o candidato afirmou que não perseguirá os governadores eleitos pelo PT ou outros partidos opositores, irá tratar ações do MST (Movimento Sem Terra) como terrorismo, e ainda voltou a falar sobre a matéria do WhatsApp publicada pela Folha de S. Paulo. “Primeiro, a matéria surgiu na Folha de S.Paulo, num jornal de sempre, num jornal que não tem qualquer compromisso com a verdade”.

COITADISMO UMA OVA!

Abaixo, selecionamos algumas notícias publicadas na Catraca Livre ao longo dos anos que mostram por que Bolsonaro está, no mínimo, equivocado. Não se trata de “coitadismo”, trata-se de direitos inalienáveis à garantia do bem-estar social das minorias.

O não reconhecimento da “homofobia” como crime, a falta de políticas públicas que garantam ao negro condições de inclusão social, a disparidade do salário entre homens e mulheres e o preconceito com que são tratados os nordestinos quando procuram por melhores condições de vida em outras regiões do Brasil são só alguns dos exemplos.

Se você acha que isso é coitadismo, você não é nem gay, nem negro, nem mulher, nem nordestino. As minorias não são “coitadas”, mas sofrem um sem-número de agressões físicas e morais, a começar pela falta de direitos igualitários. Comece a enxergar um pouco fora de sua bolha.

1 / 8
1
02:23
Paulo Guedes diz que renunciará se Previdência virar ‘reforminha’
O ministro Paulo Guedes (Economia) voltou a afirmar que se houver uma mudança muito radical na proposta original da reforma …
2
03:08
XP: Avaliação negativa do governo supera a positiva pela 1ª vez
De acordo com pesquisa da XP/Ipespe divulgada nesta sexta-feira, dia 24, a avaliação negativa do governo do presidente Jair Bolsonaro …
3
01:35
Governo libera o uso de mais 31 agrotóxicos no campo
O Ministério da Agricultura liberou o uso de mais 31 agrotóxicos nas lavouras do país. Entre eles, há produtos que …
4
02:33
Foto de manifestantes nus contra Bolsonaro é falsa
A foto de uma suposta manifestação de pessoas peladas na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)  que viralizou nas redes …
5
01:37
Lobão rompe com Bolsonaro: “Esse cara não me representa”
Em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, o cantor e compositor Lobão falou sobre sua decepção com Jair Bolsonaro e …
6
01:33
Milícias digitais perseguem MBL após críticas a Bolsonaro
O MBL (Movimento Brasil Livre) deixou de ser aliado para se tornar o novo alvo das milícias digitais pró-Bolsonaro. O …
7
03:41
Manifestação releva descompasso entre o Bolsonaro e a direita
A manifestação marcada para o próximo domingo, dia 26, aparentemente, gerou um desequilíbrio entre os grupos de direita apoiadores do …
8
01:29
Barragem da Vale em Barão de Cocais pode romper a qualquer hora
A barragem da mina do Gongo Soco, localizada em Barão de Cocais, em Minas Gerais pode romper a qualquer momento. …