Últimas notícias:

Loading...

Bolsonaro e empresários vão ao STF pressionar pelo fim da quarentena

Sem avisar, grupo seguiu a pé até a corte; Brasil já é o sexto país com mais mortes pelo coronavírus -- 8.339 até ontem

Por: Redação

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foi de surpresa ao STF (Supremo Tribunal Federal) pressionar pelo fim da quarenta pelo novo coronavírus (covid-19) nos estados. A reunião foi transmitida por uma rede social do presidente.

Acompanhado de ministros e de um grupo de empresários, Bolsonaro atravessou a Praça dos Três Poderes a pé nesta na manhã desta quinta-feira, 7, para conversar com o presidente da Corte ministro Dias Toffoli.

Crédito: Marcos Corrêa/PRPresidente Jair Bolsonaro em reunião com empresários no Palácio do Planalto antes de ir ao STF

Segundo Bolsonaro, “os governadores foram longe demais nas medidas restritivas, autônomos perderam a renda e o desemprego cresce”.

O presidente afirmou ainda que assinará um decreto para ampliar a quantidade de atividades essenciais em meio à pandemia.

Em resposta, o presidente do STF disse que “é preciso planejar a retomada da volta da economia e crescimento, o poder executivo precisa chamar os outros poderes e pensar a retomada”.



Ontem, o ministro da Saúde, Nelson Teich, admitiu que poderá recomendar lockdown em algumas cidades para conter o avanços da covid-19.

Acompanharam Bolsonaro os ministros Paulo Guedes (Economia), Walter Souza Braga Netto (Casa Civil), e Fernando Azevedo e Silva (Defesa) e empresários dos setores têxtil, farmacêutico, de produção de cimento, automóveis, energia, cimento, máquinas e calçados, entre outros.

Compartilhe: