Bolsonaro suspende uso de radares móveis nas rodovias federais

A medida assinada por Bolsonaro ainda não tem data para entrar em vigor

Por: Redação

O presidente Jair Bolsonaro suspendeu o uso de radares de fiscalização de velocidade móveis em rodovias federais. A determinação foi publicada no Diário Oficial da União nesta quinta-feira, 15. A medida vale para equipamentos estáticos, móveis e portáteis e ainda não tem data para entrar em vigor.

A iniciativa pode prejudicar o pacto firmado pelo Brasil com a ONU, no âmbito da Década de Ação pela Segurança no Trânsito, para reduzir em 50% os acidentes de trânsito entre os anos de 2011 a 2020.

Bolsonaro
Crédito: Divulgação/PRF A medida vale para equipamentos estáticos, móveis e portáteis

De acordo com o despacho assinado por Bolsonaro, a suspensão tem como objetivo “evitar o desvirtuamento do caráter pedagógico e a utilização meramente arrecadatória” dos equipamentos. A medida também exige que o Ministério da Justiça revise os atos normativos internos sobre o tema.

Desde que assumiu a Presidência, Bolsonaro tenta acabar com uso de radares nas rodovias. Segundo ele, os equipamentos agem como “assaltantes”.

Compartilhe: