Alunos chamam professora de ‘preta galinha’ em escola de SP

Informar

Bolsonaro tem medo e é um ‘covarde fujão’, diz presidente do PDT

O partido anunciou "apoio crítico" à candidatura de Fernando Haddad no segundo turno das eleições

Por: Redação | Comunicar erro
Carlos Lupi e Jair Bolsonaro
Crédito: Reprodução/FotomontagemCarlos Lupi e Jair Bolsonaro

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, afirmou nesta quarta-feira, 10, que Jair Bolsonaro é um “covarde fujão” que tem “medo” de comparecer aos debates por não ter capacidade de apresentar suas propostas de governo para a população.

Segundo Lupi, o postulante ao Planalto pelo PSL se esconde atrás de atestados médicos e brincou dizendo que, não será surpresa, se o mesmo apresentar um atestado para não comparecer à própria posse, caso seja eleito.

“Virou desculpa esfarrapada. Porque ele pode dar entrevista para a Record? É medo. É um fujão”, afirmou o líder do PDT. “O cuidado que o povo brasileiro precisa ter é que o atestado seja ad perpetum. Caso ele seja eleito poderemos não ter um presidente por causa do atestado. Ele pode faltar à posse. Bolsonaro está correndo dos debates e está sendo covarde”, ressaltou.

“Ele não quer apresentar ao povo brasileiro o que pensa. Como haverá uma eleição com dois candidatos no segundo turno em que um deles não quer participar do debate eleitoral? Não quer que o povo conheça sua verdadeira identidade”, pontuou Carlos Lupi.

A Executiva do PDT, sigla que ficou em terceiro lugar com Ciro Gomes, anunciou nesta quarta-feira que o partido apoiará Fernando Haddad no segundo turno.

Em relação aos debates, Jair Bolsonaro disse que seus médicos não o liberaram para comparecer ao debate da TV Bandeirantes que aconteceria na quinta-feira, 11. Com isso, a emissora anunciou que marcará uma nova data para que o candidato possa comparecer.

Fernando Haddad, por sua vez, afirmou que, se for necessário, ele irá debater com Bolsonaro em uma enfermaria, desde que o militar não se omita do debate púbico para elucidar suas propostas aos eleitores.

Datafolha para presidente: Bolsonaro tem 49% e Haddad 36%

Compartilhe: