Bolsonaro tira máscara para anunciar resultado e põe jornalistas em risco

Presidente testou positivo para covid-19 e em seu discurso reforçou seu negacionismo quanto à pandemia e ainda fez propaganda da hidroxicloroquina

Por: Redação

Diagnosticado com a covid-19, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) tirou a máscara enquanto anunciava resultado positivo para a covid-19 em coletiva de imprensa. Com a atitude, Bolsonaro colocou jornalistas e outras pessoas presentes em risco.

Lembrando que a máscara é fundamental para evitar a disseminação do novo coronavírus pelo ar e, assim, ajudar a impedir o avanço da pandemia.

bolsonaro covid-19
Crédito: ReproduçãoBolsonaro tira a máscara em coletiva para anunciar que testou positivo para covid-19

Desde o começo, Bolsonaro tem se colocado como um verdadeiro negacionista. Ele se recusa a incentivar o isolamento social, recusa-se a usar a máscara em público e ainda faz propaganda da hidroxicloroquina, um remédio sem eficácia comprovada cientificamente no combate à covid-19.

Durante a entrevista, inclusive, Bolsonaro afirmou que já está fazendo uso do medicamento, junto com azitromicina, e que já se sente melhor.

“Eu tomei no dia de ontem às 17h o primeiro comprimido. Todo aquele composto foi ministrado. Confesso que, eu como acordo muito durante a noite, é normal, depois da meia-noite eu consegui sentir alguma melhora. Às 5h da manhã tomei a segunda dose da cloroquina e confesso a vocês que estou perfeitamente bem”, disse o presidente.

O momento em que Bolsonaro retira a máscara para falar com jornalistas foi bastante criticado nas redes sociais, apesar de ele ter mantido um distanciamento dos profissionais da imprensa no momento da retirada. Confira:

Aglomerado e sem máscara

Horas antes de apresentar sintomas de covid-19, Bolsonaro se reuniu com apoiadores na porta do Palácio da Alvorada. Ele estava utilizando máscara de proteção, mas desrespeitou regras de distanciamento social.

Nno último sábado, 4, o presidente participou de um evento em comemoração ao dia da Independência dos Estados Unidos (EUA) em que não utilizou máscara e deu abraços em várias pessoas e realizou brindes com os presentes. Até na live do presidente de quatro dias atrás tinha aglomeração, com sete pessoas sentadas juntas ao redor de uma mesa.

O Presidente da República colocou a vida de pessoas em risco devido ao seu comportamento. Veja mais aqui.


#NessaQuarentenaEuVou – Dicas durante o isolamento:


sintomas covid-19

Compartilhe: