Brasil deve se unir após eleição, opina Temer

Presidente da República acha que divisão entre os brasileiros será superada

Por: Redação | Comunicar erro
Crédito: Antonio Cruz/Agência BrasilBrasil deve se unir após eleição, opina Temer

O presidente da República, Michel Temer, disse nesta sexta-feira (12) que o Brasil está dividido devido à eleição. Ele acredita, porém, que essa divisão entre os brasileiros será superada assim que acabar o período eleitoral.

“Temos de ter a compreensão de que a eleição é um momento político-eleitoral”, afirmou. “Logo depois vem o momento político-administrativo. No momento político-eleitoral, é natural que haja divergência. O que não pode haver é violência. Tenho absoluta convicção de que, passado esse momento, após a eleição o Brasil estará reunificado”, disse o presidente.

Temer se pronunciou durante participação em uma missa em tributo a Nossa Senhora Aparecida no centro de visitantes das Paineiras, no Rio de Janeiro, aos pés do monumento do Cristo Redentor _que completa 87 anos neste sábado (13).

Em entrevista à imprensa, o presidente disse ainda que se preocupa com episódios de violência. “É claro que toda vez que se fala em violência temos de nos preocupar. Por isso, precisamos combatê-la como estamos fazendo todos”, declarou Temer.

Ele também disse que está se divertindo com as brincadeiras feitas na internet, cujo mote é a frase “Fica, Temer”, em alusão às incertezas sobre o resultado da eleição.

Posted by Michel Temer on Friday, July 6, 2018

“Quando se conta que Nossa Senhora Aparecida foi encontrada para depois encontrar-se a sua outra parte, para restaurar a imagem da santa padroeira do Brasil, eu percebo que isso serve como uma simbologia extraordinária para verificar que nada no Brasil se fraturará”, disse o presidente, na missa. “Ao contrário, se houver uma tentativa de fratura, nós todos, com a Santa Igreja, vamos colar essa fraturas de modo que permanentemente tenhamos uma imagem do Brasil inteiramente costurada.”

Durante a missa, celebrada por dom Orani Tempesta, arcebispo do Rio, também foi anunciado que os visitantes poderão fazer uma doação voluntária para manter a estátua.

Acompanhe outros conteúdos ligados às eleições deste ano nesta página especial

Compartilhe:

1 / 8
1
08:52
Machismo em escolas de samba
Carolina Ribeiro, musa da Unidos de Vila Maria, na zona norte de São Paulo, é a convidada do programa Entrevista …
2
02:06
Como ajudar outras mulheres no Carnaval
O Carnaval chegou e para evitar que algumas coisas chatas e sérias estraguem a sua folia, separamos algumas dicas para …
3
00s
Quem foi Chico Mendes?
Chico Mendes nasceu em Xapuri, no Acre, em uma família de seringueiros, ofício que herdou de seu pai. Ao longo …
4
11:47
Não é Não: tatuagens contra o assédio no Carnaval
Luka Campos, idealizadora da campanha Não é Não, foi a convidada pelo programa Entrevista por Catraca Livre desta semana para …
5
01:40
Desvio em fundos de incentivo para mulheres
O Supremo Tribunal Federal e Tribunal Superior Eleitoral determinaram que 30% dos fundos públicos de financiamiento de campanhas sejam destinados …
6
15:17
Sai Jean Wyllys, entra David Miranda
David Miranda, substituto de Jean Wyllys como deputado federal, é o convidado de estreia do programa Entrevista por Catraca Livre. …
7
01:37
Saiba o que muda com o novo decreto de posse de armas
Conforme prometido durante a campanha eleitoral, o presidente Jair Bolsonaro assinou o decreto que flexibiliza a posse de armas no Brasil. …
8
01:27
Rosa para meninas e azul para meninos?
Ao longo da história muita coisa mudou, inclusive a forma como meninos e meninas eram vestidos. No século XVIII, por …