Câmara anuncia abertura de processo de impeachment contra Trump

A denúncia é de que Donald Trump teria pressionado o presidente da Ucrânia para que ele investigasse o filho de um de seus principais adversários Joe Biden

Por: Redação

A abertura de um processo de impeachment contra o presidente dos Estados Unidos Donald Trump foi anunciada nesta terça-feira, 24, pela presidente da Câmara dos Representantes, a democrata Nancy Pelosi.

impeachment trump
Crédito: Reprodução/InstagramCâmara anuncia abertura de processo de impeachment contra Trump

A denúncia que baseia a abertura do processo de impeachment é de que em um telefonema em julho, Trump teria pressionado o presidente da Ucrânia, Volodimir Zelenski, para que ele investigasse o filho de um de seus principais adversários, Joe Biden.

“Isto é uma quebra da Constituição americana”, afirmou Pelosi ao anunciar a abertura do processo. “O presidente precisa ser responsabilizado. Ninguém está acima da lei”, disse ela após um encontro com a bancada democrata (que tem maioria na Casa).

Segundo circula nos jornais norte-americanos, Pelosi chegou a conclusão que deveria realmente apresentar o pedido de impeachment, após meses de discussões.

“O presidente precisa ser responsabilizado pelos seus atos”, disse Pelosi. “Ninguém está acima da lei.” Ao menos 163 deputados democratas já apoiam o impeachment, que precisa de 218 votos para aprovação.

Trump respondeu por meio do Twitter. “Um dia tão importante na ONU, tanto trabalho e tanto sucesso e os democratas de propósito querem estragar isso com mais lixo e caças às bruxas”, escreveu. “Pelosi, Nadler, Schiff e outros nem viram a transcrição!”

Agora, a Comissão de Justiça da Câmara investigará se houve crimes que justifiquem que Trump seja impedido de exercer o cargo. Em caso afirmativo, a Câmara vota pelo impedimento, que é aprovado por maioria simples.

Pela Constituição americana, impeachment é uma figura jurídica equivalente à do indiciamento. A palavra final para o possível afastamento de Trump cabe ao Senado, onde o Partido Republicano, que é o partido de Trump detém maioria.

Compartilhe: